Memórias metafóricas...

Memórias Metafóricas de Uma Mulher...

Quando pensei em criar um blog, pensei em algo interativo, dinâmico, monocromático, e simultaneamente colorido, multifacetado, diversificado, eclético, teológico, abrangente, etc. e tal, que me permitisse divagar pelas minhas ideologias, fantasias, pretenções, sensações, percepções e concretizações, um diário de bordo, que pertence a alguém que busca conhecimento nas mais distintas áreas e situações, uma mulher que além de feminina, sabe se impor e transpor seus limites e alcançar novos parâmetros na busca de uma auto estima construída com oração, amizade, companheirismo, intimidade, distância, bom senso, caráter, humor, prosa e poesia também, leitura, música de qualidade, recursos tecnológicos, livros, revistas, jornais, coisas que acrescentem a vida, conteúdo que pode ser dividido e repartido... e que vale a pena comentar!!!

domingo, 2 de dezembro de 2012

PARA REFLETIR... E APLICAR!!!
O mundo e suas influencias...
Vivemos dias cada vez mais difíceis, dias em que aquilo que consideramos como valiosos se perdem diante do realismo frio daqueles que consideram obsoleto e passageiro. 
I Corintios 13, é um dos textos mais belos que já li, desde a minha mais tenra infância, contudo é um dos mais controversos na prática humana.
O amor que tudo sofre, tudo crê, tudo espera e tudo suporta... em si tratando do amor ágape, torna-se um simples bordão para utilizarmos como desculpas satisfatórias, para não perseverarmos no amor fíleo, eros, e todo o intuito de amar verdadeiramente o próximo.
Num casamento respaldado num principio bíblico, acredito ser o papel mais difícil, o do homem, em amar a esposa como Cristo ama a Igreja.
Cristo ama a Igreja, sabendo exatamente quem ela é, com todas as suas possíveis e reincidentes falhas, com suas debilidades e transtornos, com suas vulnerabilidades... a submissão da mulher, é algo sumariamente simples de viver, na via de regra, contudo a verdadeira submissão acontece quando não se apóia nas qualidades do cônjuge, nem nas respostas a esses estímulos, na prática ela acontece genuinamente, quando ninguém vê, quando menos ele merece.
Vivemos dias conturbados, de gigantesca inversão de valores, e ampla permissividade, relativismo e dualidade, termos a mente de Cristo e preservá-la dentro de um, relacionamento a dois, é algo desafiador, porque após alguns anos de convivência juntos, todos os aparentes defeitos são amplamente evidentes.
Essa semana fui pega com uma triste realidade, vivenciada por um casal, que aparentemente tem tudo em comum, em que o cônjuge, afirma estar infeliz ao longo de quase dez anos juntos, quando questionado, sobre o que sua memoria cognitiva tem reservada de boas lembranças a dois nesses anos, com certa dificuldade, ele afirmou lembrar-se apenas de um momento alegre juntos numa piscina, quando questionado sobre suas dificuldades enfrentadas no relacionamento, ele listou uma série de desapontamentos. Naquele instante, ficou claro quanto valor aquele homem tem dado ao seu relacionamento ao longo desses anos, a partir dessa memória seletiva de considerar em tantos anos apenas as falhas do outro.
A esposa por sua vez, ficou desapontada com tamanha indiferença a todas as suas tentativas ao longo desses anos, em fazê-lo um homem mais forte, mais alegre, mais vitorioso, pois a mesma, apesar de ter enfrentado alguns golpes nesse relacionamento, tem prazer em recordar de momentos memoráveis e especias nessa caminhada a dois.
Toda essa história nos faz perceber quanto temos dedicado de nós mesmos ao outro, aos nossos relacionamentos, quanto temos investido neles.
O papel de amar a esposa como Cristo ama a Igreja é sem sombra de dúvidas o mais difícil, se experimentado na íntegra de amar alguém tão dúbio, tão falho, tão reincidente, tão negligente, tão suscetível aos mesmos erros.
No mercado casamenteiro, há tamanha dissiparidade, entre o que a vida real mostra e o que os contos de fadas desvelam. Casar errado é morrer a prestação. E casar com alguém que não amamos é enganar, sumariamente a si próprio. É lamentável que tantos casamentos se desfaçam e se rastejem por anos, pelo simples fato de que a tão falada renuncia não acontece na íntegra por parte dos maiores interessados nesse que deveria ser o maior dos investimentos humanos a dois.
Os adultérios se proliferam e se refugiam na desculpa, de que o cônjuge os fez tropeçar, assim como Adão que justificou-se afirmando ter caído por causa da mulher que o Senhor havia lhe dado, os homens e mulheres, na ânsia pela suposta liberdade enganam-se em suas vãs conveniências e tentativas em si satisfazerem inflamando-se em suas paixões mundanas, para escaparem da aliança que fizeram primeiramente com Deus, quando assumiram diante dele a lealdade irrestrita, da alegria e da tristeza, da saúde e da doença, da riqueza e da pobreza. 
Atualmente muitos relacionamentos se desfazem principalmente pela falta de temor a Deus, pela ausência de compromisso com a aliança constituída em um cordão de três dobras, pelo passado no presente, pela falta de perdão, amor real, comprometimento pessoal em fazer o próximo feliz.
Como diz o dito popular, a grama do vizinho é sempre mais verde. A mídia e a política neoliberal, nos incita a avaliarmos nossos projetos pelos resultados obtidos a curto e médio prazo, poucos são os que se arriscam a investimentos a longo prazo, assumir um casamento nos dias de hoje é investir em algo que está humanamente fadado ao fracasso, pois muitos são os apelos sensuais e sexuais, implícitos e explícitos  para que os mesmos se desfaçam, cabe a nó, apanharmos as raposinhas do lar, enquanto a tempo e não ficar observando-as destruírem o terreno de braços cruzados, um lar não é uma construção de tijolos, mas de valores e princípios obedecidos pelo amor e temor aquele que nos confiou tal empreendimento tão excelente.
Quem casa para ser feliz, provavelmente deixa o cônjuge infeliz, mas quem casa para fazer o cônjuge feliz, completa-se na felicidade e realização de partilhar dessa felicidade juntos em sua amplitude. Esse é o segredo de um casamento respaldado em I Corintios 13, apesar de tratar-se do amor ágape, muito nos inspira e ensina no amor Eros.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

ADULTÉRIO: DESASTRE PREVISÍVEL

Por: Sérgio e Magali Leoto

“O adultério é uma armadilha(...)”; “O que comete adultério não tem juízo; ele está se destruindo a si mesmo”; “(...) o infiel age assim: comete adultério, toma um banho e depois diz: Não fiz nada de errado!”; “(...) mas o adultério custará a ele a sua própria vida” (Provérbios 22:14;6:32;30:20;6:26-BLH).

As novelas brasileiras estão se tornando cada vez mais premiadas, reconhecidas não só no Brasil mas também no exterior. É um orgulho para um povo sofrido como o nosso: além do futebol, agora nossas novelas também têm "padrão exportação"!

Por um lado, elas são um orgulho (demonstrando a competência de nossos atores, diretores, técnicos etc), mas por outro lado estas novelas produzem um efeito que nos entristece. Com a explicação de "apenas reproduzir" fatos que já aconteceram na sociedade, os enredos trazem à mente dos que assistem, alguns costumes que não deveriam ser imitados, como é o caso da infidelidade conjugal.

Entrentanto, a exaustiva repetição (em quase todas as novelas, capítulo a capítulo) de que a infidelidade é um padrão "aceitável" ou "inevitável", transforma-se na prática em sugestão de padrão cultural. Isto acontece, quando dentro da história as personagens são incentivadas pela "aventura" do adultério, pelo "sabor do novo" da infidelidade.
Obviamente num país como o nosso, onde a TV dita boa parte da cultura de um povo (e não a educação, através das escolas, bons livros e professores, o desenvolvimento de um senso crítico, etc), estamos presenciando os EFEITOS da infidelidade conjugal, dentro das famílias brasileiras: mentirosos cada vez mais convincentes, vidas duplas, amantes assumidos e descarados, filhos decepcionados, mas com grandes possibilidades de repetir o que os pais fizeram, conjuges psicológicamente abalados, que vêm na vingança a solução ideal para o problema.

Creio que alguns dos assuntos mais abordados em ambientes de aconselhamento (realizado tanto por conselheiros, líderes e até psicólogos cristãos), são casos que envolvem infidelidade e adultério. São temas comuns fora do ambiente das igrejas, mas agora têm abalado fortemente muitas comunidades evangélicas.

Aqueles que frequentam há mais tempo as igrejas cristãs, têm notícia de casos como estes há décadas. Portanto, não há "novidade" no assunto "adultério". O que está sendo espantoso em nossos dias, é o aumento assustador da incidência destes casos. Fala-se muito da "epidemia" de dengue, gripe suína, etc. Mas estamos convivendo com uma "epidemia" diferente: a do adultério. O que é veiculado pela Mídia, sem dúvida contribuiu para este crescimento.

Os aconselhamentos são quase sempre assim: o cônjuge ofendido, normalmente é quem procura ajuda. Traz suas "suspeitas" (bem fundamentadas), mas sem a evidência que traria à luz o comportamento errado do parceiro. O cônjuge suspeito, que geralmente reluta em comparecer ao Aconselhamento, acaba vindo quando o outro diz: "se você não deve, não tem nada a temer!". Mesmo contrariado, este cônjuge comparece às reuniões para negar sistematicamente qualquer suspeita.

Alguns cônjuges podem ter o chamado "ciúme patológico" (e estes precisam de tratamento especial), onde a suspeita é infundada e doentia. Mas os casos mais comuns são aqueles onde as "suspeitas sem evidências", depois de alguns meses tornam-se "suspeitas COMPROVADAS", através de evidências incontestáveis do adultério. Quando um caso destes é descoberto, não apenas a família dos cônjuges sofre, mas todos os que se relacionam com eles.

A Bíblia nos traz orientações importantíssimas quanto ao adultério. Veja algumas delas:

1. Adultério é um dos 10 assuntos mais importantes da humanidade (Top 10, os Dez Mandamentos) e Deus é CONTRA! - Ex 20:14 "Não adulterarás". Não há como ser mais específico. Ele não só "sugere" que nós não cometamos adultério; ele exige. Deus é claro em relação ao que espera de nós.

2. A Bíblia trata o adultério não apenas como um problema "sexual", mas volta-se contra a "quebra de confiança e fidelidade". É muitas vezes comparado à área espiritual, onde o povo de Deus comete "adultério", voltando-se contra o Senhor e procurando deuses que não existem - Ez 23:37.

3. Adultério é uma "armadilha" - o ser humano utiliza armadilhas para capturar e matar muitos animais. No adultério ele torna-se a vítima. Pode acontecer quando se cai infantilmente (num momento de insensatez, e depois tem que conviver com as consequências), ou então quando se é vítima de chantagem, por parte de quem o seduziu - Pv 22:14; 6:32; 30:20; 6:26 -BLH.

4. "Fugir enquanto há tempo" é a orientação bíblica - pois ninguém fica perto do fogo sem se queimar (Pv 6:27-29). Salomão, no livro de Provérbios, adverte: quanto mais perto dos ensinos da Palavra, mais luz para os caminhos (6:23), mais proteção contra o adultério (6:24a), mais forças para fugir dos falsos elogios, as chamadas "cantadas" (6:24b), da sedução dos olhares, da cobiça do que se vê, na pessoa que não é seu cônjuge (6:25).

5. O doce sabor inicial, esconde um veneno que conduz à ruína - "os lábios da mulher imoral destilam mel; sua voz é mais suave que o azeite, mas no final é amarga como fel, afiada como uma espada de dois gumes. Os seus pés descem para a morte (...) Fique longe dessa mulher (...) para que você não entregue aos outros o seu vigor nem a sua vida a um homem cruel. (...) Você dirá: Como odiei a disciplina (...) Cheguei à beira da ruína completa, à vista de toda a comunidade". (Pv 5:3-14).


 

Mesmo com tudo o que vimos, a Bíblia deixa claro: sempre existe esperança para quem quer voltar atras, arrepender-se de seus erros e fazer a vontade de Deus! "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça" (1Jo1:9). "Quem esconde os seus pecados não prospera, mas quem os confessa e os abandona encontra misericórdia" (Pv 28:13). "Se o meu povo que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar de seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei os seus pecados e curarei a sua terra". (2Cr7:14). Como vemos, Deus não aceita ser conivente com o pecado; mas Ele quer recuperar quem está arrependido e está disposto abandonar a prática de seus erros.

Tendo esta perspectiva, devemos tomar uma posição "radical": fugir e abandonar a prática do pecado; acabar com as intermináveis mentiras para encobrir o erro; buscar a face daquele que não convive com a mentira, por ser "o Caminho, A VERDADE e a Vida" - Jesus Cristo (Jo 14:6). Caso ache difícil a caminhada para reconstruir seu relacionamento conjugal, busque ajuda. Pode ser um conselheiro, um líder experiente ou até um profissional da área (por exemplo, um psicólogo cristão).

Esta atitude de MERGULHAR NA VERDADE, trazendo LUZ (e não trevas cada vez maiores) à sua convivência conjugal, irá beneficiar não apenas a VOCÊ mesmo e ao seu casamento, mas também aos seus FILHOS, PARENTES, AMIGOS, CLIENTES, IRMÃOS EM CRISTO e em última análise ... você estará ajudando a fazer um PAÍS e um MUNDO melhor, iniciando as boas mudanças a partir do seu próprio lar!

Extraído de Bíblia World Net

quarta-feira, 29 de agosto de 2012



A influencia é uma arma poderosa   
Cerque-se de que pessoas que acreditam em você.
Todo líder precisa estar cercado de que pessoas que o amam, que acreditam na sua visão, que conversam sobre as mesmas coisas, são delas que virão palavras de ânimo Deus preparou pessoas para nos abençoar.
Águia voa com águia, andorinha voa em banda, não dá pra voar com águia.
Quem são as pessoas que vão te ajudar, que vão te influenciar, influencia é uma arma poderosa, escolhe com quem vc se relaciona, pq o que vc escuta te influencia.  Ser sempre vem antes de fazer, é isso que faz o fazer ser autentico.
"Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. Todo atleta em tudo se domina; aqueles, para alcançar, uma coroa corruptível; nós, porém, a incorruptível. Assim corro também eu, NÃO SEM META; assim luto, não como desferindo golpes no ar. 
Mas esmurro o meu corpo e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado". (I Coríntios 9:24-27).
Corra como aquele que quer vencer!!!
Não nos esqueçamos: há duas características importantes na liderança, determinação e escolha de influências, nosso maior inimigo é nós mesmos.
Todo atleta de alta performance, em td se domina.
Nenhum dos nossos apetites podem ser mais fortes do que nosso propósito de correr para vencer na olimpíada.
Medite: Habacuque 2:1-5; Salmos 1.
Ap Rina.




terça-feira, 28 de agosto de 2012



A Fábula do Porco-espinho. 

Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio. 
Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente, mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam mais calor. 
Por isso decidiram se afastar uns dos outros e começaram de novo a morrer congelados.
Então precisaram fazer uma escolha: ou desapareciam da Terra ou aceita

vam os espinhos dos companheiros.
Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos.
Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro. E assim sobreviveram.

Moral da História

O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro, e admirar suas qualidades.






quinta-feira, 2 de agosto de 2012





TEMOS QUE NOS CURVAR!

AS 7 VERDADES DO BAMBU
Depois de uma grande tempestade, o menino que estava passando férias na casa do seu avô, o chamou para a varanda e falou:
Vovô corre aqui! Explica-me como essa figueira, árvore frondosa e imensa, que precisava de quatro homens para balançar seu tronco se quebrou, caiu com o vento e com a chuva… este bambu é tão fraco e continua de pé?
Filho, o bambu permanece em pé porque teve a humildade de se curvar na hora da tempestade. A figueira quis enfrentar o vento. O bambu nos ensina sete coisas. Se você tiver a grandeza e a humildade dele, vai experimentar o triunfo da paz em seu coração.
A primeira verdade que o bambu nos ensina, e a mais importante, é a humildade diante dos problemas, das dificuldades. Eu não me curvo diante do problema e da dificuldade, mas diante daquele, o único, o princípio da paz, aquele que me chama, que é o Senhor.

Segunda verdade: o bambu cria raízes profundas. É muito difícil arrancar um bambu, pois o que ele tem para cima ele tem para baixo também. Você precisa aprofundar a cada dia suas raízes em Deus na oração.

Terceira verdade: Você já viu um pé de bambu sozinho? Apenas quando é novo, mas antes de crescer ele permite que nasça outros a seu lado (como no cooperativismo). Sabe que vai precisar deles. Eles estão sempre grudados uns nos outros, tanto que de longe parecem com uma árvore. Às vezes tentamos arrancar um bambu lá de dentro, cortamos e não conseguimos. Os animais mais frágeis vivem em bandos, para que desse modo se livrem dos predadores.

A quarta verdade que o bambu nos ensina é não criar galhos. Como tem a meta no alto e vive em moita, comunidade, o bambu não se permite criar galhos. Nós perdemos muito tempo na vida tentando proteger nossos galhos, coisas insignificantes que damos um valor inestimável. Para ganhar, é preciso perder tudo aquilo que nos impede de subirmos suavemente.

A quinta verdade é que o bambu é cheio de “nós” (e não de eu’s). Como ele é oco, sabe que se crescesse sem nós seria muito fraco. Os nós são os problemas e as dificuldades que superamos. Os nós são as pessoas que nos ajudam, aqueles que estão próximos e acabam sendo força nos momentos difíceis. Não devemos pedir a Deus que nos afaste dos problemas e dos sofrimentos. Eles são nossos melhores professores, se soubermos aprender com eles.

A sexta verdade é que o bambu é oco, vazio de si mesmo. Enquanto não nos esvaziarmos de tudo aquilo que nos preenche, que rouba nosso tempo, que tira nossa paz, não seremos felizes. Ser oco significa estar pronto para ser cheio do Espírito Santo.
Por fim, a sétima lição que o bambu nos dá é exatamente o título do livro: ele só cresce para o alto. Ele busca as coisas do Alto. Essa é a sua meta.

SEJA COMO O BAMBU... Ele verga mais não quebra...

sábado, 28 de julho de 2012



Jeremias, profeta chamado para falar ao povo de Deus, que estava prestes a ir para o cativeiro. Em um contexto de fome e seca o povo de Israel era, ludibriado por falsos profetas que diziam que a fome e a seca iriam passar, no entanto a palavra de Deus para Jeremias era de Fome e Espada, pois, o povo estava desviado, suas orações, súplicas e jejuns não eram aceitos pelo Senhor. Jeremias como homem de Deus, intercedia pelo povo para que a mão do todo Poderoso não caísse sobre Judá, mas nada poderia deter a justiça do Rei. As escrituras relatam que antes da vinda de Jesus, o amor de muitos se esfriará, logo, não há esperança para esse mundo pecador, sem Jesus, logo desconfie de sermões que pregam que tudo pode mudar, que o homem é bom e que antes da segunda vinda de Jesus haverá paz na terra, todo esse discurso é heresia do maligno, que deseja que não atentemos para o que está acontecendo na terra. Podemos sim com O Espírito Santo em nós vencermos as dificuldades dessa vida, porém, paz eterna e vida só após a vinda do Senhor!!! Jeremias 14

sexta-feira, 27 de julho de 2012



Aprendendo a ser mulher....
Ontem pensava que era menina, mesmo em face a idade, rs, rs, agia como tal e pensava que muitas das minhas ações não trariam consequencias duras, hoje no recondito do meu quarto, percebi que estou crescendo e me tornando mais mulher, ora acertando, ora errando, ora chorando, ora sorrindo, ora sentido dor, ora sentindo alivio, foi qdo lembrei da mulher adultera e dos seus acusadores, o contexto em que ela vivia, a época, o estilo de vida dela, sua formação, suas carencias, suas ausencias, suas noites inebriantes, alucinantes, seus prazeres furtivos, tb pensei naqueles homens que estavam ali para apedrejá-la, foi quando na minha mente fertil vi Jesus, cabisbaixo, escrevendo na areia, não sei o que escrevia, mas sei que ele olhou para aquela mulher com o olhar mais lindo que ela provavelmente experimentou em toda sua vida, e lhe falou suavemente, "mulher onde estão teus acusadores, quais deles não pecam, e estando sozinho naquele momento impar lhe falou a frase mais marcante da sua vida, eu não te condeno, vai em paz e não peques mais. Foi quando, de súbito, lembrei que conheço esse homem e ele tem sido meu conselheiro e meu penhor e perdão constante. Depois de td isso não tinha como perder o momento mais imprescindivel ao lado de quem nos ama com um amor furioso, de quem sou refem, feito dependente da sua misericórdia, e assim, estou crescendo e me tornando mulher.
Rouseane Andrade Araújo


O dia a dia nos traz grandes lições, assim como o fogo, e todo o processo de lapidação, o carvão é um bom exemplo de como as coisas visivelmente feias podem tornar-se belas pedras preciosas, mas até que o processo seja finalizado, as temperaturas são altíssimas e o processo é lento e trabalhoso, envolve habilidade, dedicação e muita paciencia e convicção do que deseja-se produzir, sob medidas exatas. O diamante é o mais duro material de ocorrência natural que se conhece, com uma dureza de 10 (valor máximo da escala de Mohs). Isto significa que não pode ser riscado por nenhum outro mineral ou substância, exceto o próprio diamante, funcionando como um importante material abrasivo.
No entanto, é muito frágil, O valor do diamante reside na ausência total de impurezas e de cor. Uma vez selecionados, os diamantes são cortados e talham-se ao longo de direções nas quais a dureza é menor. Uma talha bem realizada é aquela que realça o foco, ou seja, o conjunto de reflexos de cores derivados dos reflexos. Como pedras brutas nas mãos de um hábil escultor de obras resistentes, belas e raras, assim estou sendo tratada por Deus sob altas temperaturas e um terrivel nivel de stress, porém sei que o resultado será perfeito, como são todas as obras que Ele faz.
Rouseane Andrade Araújo

quinta-feira, 19 de julho de 2012



Alerta aos soberbos

A palavra nos exorta quanto a soberba e ao orgulho, e ao perigo das riquezas, como algo latente e inerente ao coração dos homens, todos nós de alguma forma queremos nos sobressair em alguns aspectos, enquanto homens e mulheres inteligentes, e produtivos, queremos ser admirados, respeitados, imitados, inspiradores, entusiastas, mobilizadores, líderes em potencial, e instigar pessoas a mudarem de atitudes. Até certo ponto, toda esse leque de oportunidade de aparecer é natural, desde que isso se torne o centro das nossas faculdades intelectuais, e ocupe o trono do nosso coração, aí é onde reside todo o perigo. Porque envolvidos, na sedução do nosso ego, super estimado por nós mesmo e paparicado pelo nosso intelecto, começamos a não ouvirmos os outros, a sociedade, nem o mundo que nos rodeia, a isso chamo de cadeia do egocentrismo, td gira em torno de nós mesmos e nada mais nos interessa. 
Dada a cadeia do egocentrismo nas nossas vidas, todo o resto desaparece, o amor, a paz, a alegria, a realização, o prazer, a confiança, a auto estima saudável, as amizades, os relacionamentos, a família, nada mais faz falta no universo narcisista dos auto suficientes e arrogantes disfarçados e caricaturados em figuras legais.
Temo muito conviver com pessoas assim, que só fazem o que lhe dão na telha, só ouvem o que lhe agradam, só produzem qdo estão a fim, não sentem a dor alheia, pouco se importam com a miséria, com a dor, com o fracasso, com a queda, com a tristeza, zombam das lágrimas, dos aconselhamentos, das amizades e dos relacionamentos. Como altistas disfarçados, vivem cientes do mundo, mas indiferentes a todas as questões que os rodeiam, não estão nem aí para nada, exceto quando eles é que sentem a dor. Não compreendo que esse seja os frutos do evangelho de hoje, a igreja todos dizem que é um hospital, mas se há alguma ovelha doente, ou é ignorada, ou é escanteada, ou é colocada de lado, sem nenhuma supervisão ou tratamento, ou simplesmente esperamos que ela siga outro rumo. 
Me constrange ler as escrituras e ver o quanto estamos distante na prática do evangelho que pregamos, por isso há muitos entre nós que dormem, e outros que comem do pão indignamente, pq não discernem o corpo, não sentem as dores da cruz, lamentavelmente, esse é o contexto atual, imediatista, fast food, capitalista, de resultados, de produtividade, de exército reserva se acumulando nas imensas filas do hospital que alguns chamam alegoricamente de igreja.
Assim, como Lutero precisou fazer uma reforma na Igreja Católica naquele contexto em que tudo se vendia, inclusive as convicções, e que o medo das cruzadas, da santa inquisição desencorajava quem abrisse a boca, muitos hj preferem o silencio e optam por se calar pelos corredores e bastidores das instituições, porque a coragem e audácia dele é louvada, mas jamais imitada, senão configura, pecado de insubmissão e feitiçaria, contra o clero eclesiástico, e por isso cada um pode abrir sua igreja, de acordo com o gosto do freguês, numa miscelânea religiosa, repleta de sincretismo e rituais melhorados e adaptados ao sistema do capitalismo neoliberal, e assim as ovelhas tem liberdade de expressão para serem o que quiserem, onde quiserem e ponto final.
Alguém aí se arrisca a dizer: Não me engonho do evangelho, porque ele é o poder de Deus???... Num efeito dominó muitos nesses dias tem caído e derrubado outros tantos, por falta de firmesa e convicção, e por terem sido plantados em terrenos escorregadios. A palavra nos ensina que Deus exlatará os humilhados e abaterá os soberbos, que a síndrome de Lúcifer não lhe vença e nem tome para si seus 5 sentidos, para que vc não seja como um andarilho errante, vivendo numa montanha russa emocional, certamente Deus não tem prazer nisso, ele quer nos ver andando a passos firmes rumo ao alvo, e não desejando as cebolas do Egito.

quarta-feira, 18 de julho de 2012







OUVIDOS DE OVELHA



"As minhas ovelhas ouvem a minha voz; 


eu as conheço, e elas me seguem" (Jo 10:27).

Há muitos lobos uivando e muitos mercenarios 



vendendo enganos em nome de Cristo hoje em dia. 


Não devemos nos deixar impressionar pela 


proliferação de tantos grupos supostamente cristãos,


mas que trazem uma mensagem diferente da de 


Jesus.


Quem é ovelha do Senhor Jesus conhece bem a sua 


voz. 


Outras vozes podem parecer atraentes e convincentes,


mas não trazem consigo aquela doçura e autoridade


que só podem vir dos lábios do Bom Pastor. 


Por isso, devemos nos perguntar: Somos verdadeiras 


ovelhas de Cristo ou nos deixamos levar por todo tipo 


de mensagem, até as mais estranhas e absurdas?


Ovelhas sabem reconhecer a voz do seu Pastor!


Nosso pastor supremo age segundo seu Soberano 


decreto para conosco e isso nos mantém num lugar 


seguro, apenas isso, a imutabilidade da sua abundante
graça sobre nós...


Como o pastor busca o seu rebanho, no dia em que 


está no meio das suas ovelhas dispersas, assim 


buscarei as minhas ovelhas; e livrá-las-ei de todos os 


lugares por onde andam espalhadas, no dia nublado e
de escuridão.


Ezequiel 34:12.

segunda-feira, 9 de julho de 2012



Idolatria oculta (Palavra de hj 08/05/2012 da Bola TV)
A presença de Deus em nós é que faz a diferença entre os que idolatram e os que adoram.Há um tipo de idolatria oculta que acontece na prática dentro do coração dos néscios. A avareza, é um exemplo clássico da idolatria oculta que nos afasta de Deus segundo o apóstolo Paulo, Cl 3:5-17, ou seja, é um apego a algo que não queremos partilhar com ninguém.
A definição bíblica de avareza é "viver somente para você", sendo que dEle, por Ele e para Ele, são todas as coisas.
Quando começamos a viver para nosso próprio querer, quando temos algo p ofertar e não fazemos, qdo Deus nos unge para sermos instrumentos do Senhor, e nos recusamos por mero prazer de não querer se dispor, quando nos negamos a sermos servos do Senhor que nos ama tanto, isso é avareza, pq é o tipo de idolatria em que cultuamos nós mesmos, nosso prazer está sempre a priori de tudo, e àquele que se faz ídolo de si mesmo, ofusca o brilho da glória de Deus nas nossas vidas.
II Co 3:7-8, Deus tem glória maior para revelar em nós e através de nós, para seu prazer, não devemos reter mais do que o Senhor é digno, impedimos que a plenitude do Pai esteja sobre nós.
O Rei Saul vivia para ele, e o que ele viveu foi para ele, começou bem mas acabou mal;
O Rei Davi, começou insignificante, mas terminou triunfante;
Enquanto Saul derrotava mil, Davi derrotava milhares de milhares;
Enquanto Saul tinha transtornos mentais e espirituais, conduta dúbia;
Davi tocava humildemente sua harpa para aliviar o espírito do seu suposto inimigo;
Mesmo sendo ungido rei Davi servia a Saul como um servo hábil.
O Mar Morto é um mar que só recebe. A salinidade o torna improdutivo.
O medo do amanhã perturba muitos homens e mulheres, e os tornam idolatras de si mesmos, numa busca desenfreada por realização pessoal acima de todas as coisas, os impedindo de verem a glória manifesta de Deus. A avareza atrai as mais diversas maldições, ela é a mãe da idolatria e do orgulho, ela
torna os homens amargos, duros de coração, desleais, indiferentes e insensíveis.
Saul qdo erra diz a Samuel, o profeta, me honra na ft dos homens;
Davi qdo erra diz ao Senhor, não retires de mim o teu espírito.
Avareza no coração, retém as primicias e ofertas de louvor e adoração.
A avareza é idolatria, ele se esconde na síndrome do estrelismo, nos aplausos, nos elogios, no eco da multidão. Os avarentos são egoístas, vivem só para eles, para seus próprios planos, para suas vãs realizações.
Quando retirarmos a avareza, a idolatria de si mesmo, a soberba, o orgulho, a auto suficiencia do nosso coração, nós veremos a glória de Deus.
Salmos 119:15, "não a nós Senhor mas ao teu nome dá glória!".
Recebe meu tempo, minha vida, meu trabalho, meu lar, meus dons, meus talentos, meu levantar, meus sorrisos, minha lágrimas, são para tua glória e louvor, minhas ações de graças a ti. Os mortos não louvam ao Senhor, nem os que descem ao silencio. Adoração é algo voluntário, os sacerdotes, levitas, eleitos do Senhor, adoram em espírito e em verdade. Quem hoje pode dizer intimamente, eu quero viver para ti Senhor, tudo o que eu tenho é teu???!!!
O que temos feito com aquilo que Deus nos deu, nosso tempo, nossos dons e talentos, nosso entendimento, nossa família, nossa vida integral, que independe de títulos????!!!!
Jesus quando nos chamou nos disse claramente, "aquele que quiser me seguir, negue-se a si mesmo".
A vontade de Deus é boa, perfeita e agradável.
Deus quer ser prioridade na sua vida!!!!!
(Pr. Digão)

sábado, 23 de junho de 2012



O Reino de Cristo é um reino, é estranho dizê-lo, no qual as leis do rei, não estão nenhuma delas, escritas em papel. As leis do rei não são proclamadas pela boca do arauto, mas escritas no coração. Você não percebe que na narrativa Cristo manda seus servos ir e pegar seu corcel real, tal qual ele estava, e esta era a lei: "Soltai-o e deixai-o ir?" Mas onde estava escrita a lei? Estava escrita no coração do homem a quem pertenciam a jumenta e o jumentinho, pois ele imediatamente disse: "Deixai-os ir" cordialmente e com grande alegria; ele pensou ser uma grande honra contribuir para a cerimônia real deste grande Rei de paz. Assim, irmãos, no reino de Cristo você não verá nenhum enorme livro de leis, nem juristas, nem procuradores, nem advogados que necessitem esclarecer a lei.
O livro da lei está aqui no coração, o advogado está aqui na consciência, à lei está escrita não mais em pergaminho, nem mais promulgada e escrita, como foram os decretos de Roma, sobre aço e aflição, mas sobre as tábuas de carne do coração. A vontade humana é persuadida à obediência, o coração humano é moldado à imagem de Cristo, seu desejo se torna o desejo de seus súditos, sua glória seu alvo principal, e sua lei o maior deleite de suas almas. Estranho reino este, que não necessita de nenhuma lei, salvo aquelas que são escritas sobre o coração de seus súditos.
Estranho ainda, como alguns pensarão dele, este era um reino no qual riquezas incertas não partilham o que quer que seja de sua glória. Lá vai o Rei, o mais pobre de toda a classe, por que aquele Rei não tinha onde reclinar a cabeça. Lá vai o Rei, o mais pobre de todos, sobre o jumento de outro homem que ele tinha emprestado. Lá vai o Rei, alguém que está para morrer; desprovido de seu manto para morrer nu e exposto. E ele ainda é o Rei do seu reino, o Principal, o Príncipe, o Líder, o Coroado de toda a geração, simplesmente porque ele tinha o mínimo. Ele era quem tinha dado mais aos outros e retido o mínimo para si mesmo. Ele que era o menos egoísta e mais abnegado, ele que viveu o máximo para os outros, era o Rei deste reino. E olhe para os cortesãos, olhe para os príncipes! Eles eram todos pobres também; eles não tinham nenhuma bandeira para colocar do lado de fora das janelas, então eles lançaram suas pobres roupas sobre as sacadas ou as penduraram das janelas quando ele passava.
Eles não tinha púrpura brilhante para fazer um tapete para os pés de seu jumento, então eles lançaram suas próprias roupas surradas no caminho, eles espalharam ao longo do caminho ramos de palmeira que eles podiam facilmente obter das árvores que guarneciam a estrada, porque eles não tinham nenhum dinheiro com o qual custear a despesa de um grande triunfo. A cada caminho este era um pobre fato. Nenhum brilho de ouro, nenhuma bandeira ostentada, nenhum soprar de trombetas de prata, nenhuma pompa, nenhuma circunstância! Era o triunfo da própria pobreza. Pobreza entronizada sobre o animal próprio da pobreza cavalgando através das ruas. Estranho reino este, irmãos! Eu creio que nós o reconhecemos - um reino no qual aquele que é o principal entre nós, não é aquele que é mais rico em ouro, mas aquele que é mais rico em fé; um reino que não depende de nenhum rendimento exceto o rendimento da divina graça, um reino que oferece a cada homem sentar-se sob sua sombra com deleite, seja ele rico ou pobre.


C.H.Spurgeon.

sexta-feira, 22 de junho de 2012



Não julguemos uns aos outros, para não sermos injustos com ninguém, seja sempre nossa palavra temperada pelo vínculo da paz, para que não caiamos em tentação, por mais difícil que seja a convivência hoje com as pessoas, as vezes por cinco segundos, de destempero, perdemos a graça, e cometemos erros que ecoam por longos anos, se infringirmos regras, e cometemos desatinos, sem antes refletirmos nas nossas atitudes de ação, esquecendo-nos, que toda ação provoca uma reação, somos humanos, relacionais, pessoais, singulares, e por isso, por mais que imaginemos ser adultos, inúmeras vezes retrocedemos as práticas infantis, mas isso não significa dizer que não crescemos, mas que somos falhos.
Somos réplicas de um único modelo perfeito, sempre gosto de me lembrar disso, por mais que me esforce, não atingirei aqui o ápice, a perfeição reside nas alturas, num mundo incorruptível, inacessível nesse momento.
Contudo persevero, correndo, focando no alvo da soberana vocação proposta pelo Mestre Amado, a quem irei prestar contas de todos os meus atos e palavras, por mais que a lógica capital, e a influencia neoliberal me aponte para a produtividade, para a pontualidade, para a lucratividade, para o mercantilismo, para a quantidade qualitativa de acertos, na minha caminhada, percebo que muitas vezes quando se perde é que se ganha, quando excede é que se retrocede, quando se repete é que se alcança, ... não sou adepta da humanização da coisa, nem muito menos da coisificação humana, prefiro enxergar PESSOAS, e vislumbrar e me deliciar com relacionamentos frutíferos e reais, isso é algo que a dor e a gargalhada me fizeram perceber.
Prefiro ser EU mesma, assim, do meu jeito, do que tentar ser alguém que impressione ou barganhem, para impressionar... quando as palavras não falam, a convivência por si só revela, e para mim, isso basta, sei quem sou e onde pretendo e vou chegar e conheço bem as pessoas que tenho ao meu lado e amo muito cada uma delas exatamente como são. 

sexta-feira, 15 de junho de 2012



Memórias metafóricas...

Nosso ontem revela muito do que se perdeu e pouco do que conquistamos,

Ele traz em si, marcas de um passado, que na maioria das vezes queremos esquecer,

Por grandes bobagens feitas, bagagens carregadas de irresponsabilidades e Inconsequências, prazeres furtivos, partilhados com sei lá quem, sob quais efeitos Alucinógenos, depreciativos, deslumbrantes, estonteantes, segundos de êxtase e Euforia pagos pelos trocados, adquiridos pelo suor derramado ou extorquido pelos Nossos paitrocinadores, que por ora tentam amenizar muitas das situações difíceis Provocadas pela nossa rebeldia e egoísmo, ... 
Hoje, olhando para traz, não tenho lembranças tão agradáveis desses tempos, 
Recordo-me da vergonha do dia seguinte, do cara desconhecido, da amizade Momentânea, algumas vezes da roupa emprestada, pq a minha havia se estragado, 
Ou na fuga pra balada, vai a da amiga mesmo, rs, rs, inconsequências juvenis, 
Em que tudo é de todas e nada é de ninguém, o momento comunista consumista
Que todos os jovens vivenciam, alguns experimentam, outros se aprisionam,
Mas graças a Deus que hoje essa é apenas uma história da minha vida,
Numa página escrita em letras garrafais, de muitas vergonhas públicas, 
Muitos atos insanos, contudo apagados por uma mega borracha,
Que me livrou dessa droga de vida e me tirou de um lamaçal de perdas consecutivas,
Nada nem ninguém pode delimitar, imaginar, calcular o meu prazer de me sentir 
Livre de mim mesmo, das minhas cavernas de horrores, e das prisões que um 
Dia me acorrentaram, hj livre para falar de td isso, sem nenhum temor, vergonha ou Receio, posso lhes testemunhar que não se acende a luz do sol sem vislumbrar
A beleza do criação e sua majestade, lucidamente e gratuitamente,
Numa sensação ímpar de euforia e conquista por ter atingido o ápice
Do auto controle de não me sentir mais sob hipótese alguma seduzida
Pelo som da batida, pelo ritmo, pelas luzes inebriantes, pelos odores e sabores,
Manjares dessa Babilônia, que não me aprisiona mais,
Bom saber que sai dos campos de concentração do Egito, 
E aborreci, expurguei, arg, arg, as cebolas que lá comi.
Obrigada Senhor pela minha nova vida e pelas delicias perpétuas que como na
Tua mesa, não há prazer maior que sentar-se a mesa contigo, 
Entrar na tua casa Pai e ouvir tua voz me dizer, vem filha amada, eu te amo!!!!
Adoro esse som, amo essa música,m, curte aí!!!!

quinta-feira, 17 de maio de 2012




Minha meditação para hoje:
Num casamento bem sucedido, não existem portas trancadas, ou chaves secretas, num relacionamento maduro, essas portas sempre se abrem e se descortinam, e ainda que os brinquedos do coração corrompido, voltem a cena, o verdadeiro amor que vem de Deus lança fora todo o medo, e reconstrói todos os alicerces da morada do Altíssimo, ainda que a noiva caia, ela não ficará prostrada, pois o Seu Amado lhe erguerá, e lhe susterá em Sua destra, contudo faz-se necessário divorciar-se de todo despojo e capa babilônica, que por ora tocamos nas batalhas que travamos com nosso Eu descaído, e que sutilmente perpassam nossa mente e por alguns instantes, nos fazem sentir prazer e momentânea alegria, contudo logo traz à tona todo o peso da acusação e dúvida, culpa e separação, mas se estivermos enxertados na videira verdadeira, jamais seremos lançados fora, e nunca iremos nos satisfazer se não estivermos no centro da sua vontade.
Uma dose, um porre, um encontro, uma fuga, um baseado, uma carreira na mesa, uma noite ao lado de "amigos-estranhos-conhecidos", que te fazem revolver-se no lamaçal, um momento de êxtase que dura no máximo minutos, um sorriso que vc paga para dar, não se comparam a um segundo sequer com o nosso Amado Jesus, sentir o seu toque, ouvir sua doce voz, sentar no seu colo, sorrir espontaneamente, nada paga o preço de um relacionamento na mais profunda lucidez de uma consciência tranquila. Pense nisso, não se venda pelo preço da companhia de Jezabel, ou pelo pecado de Acã, ou pela numa fúria cega de uma busca desenfreada por adrenalina, que te levarão ao fundo do poço, mergulhe nas águas que curam, que limpam, que restauram, que vivificam, que te levam as profundezas sem afogá-lo, que trazem refrigério, plenitude de paz, e te permitem ainda ver as belezas encobertas pelas águas, o oceano do Espírito de Deus. Pense nisso, vc é mais forte que seu desejo, domine-se, somos animais RACIONAIS, Judas traiu Jesus por um beijo e lhe vendeu por trinta moedas, quanto têm lhe oferecido????!!!! Se você permitir que o temor do homem o governe e desejar se salvar do sofrimento ou ridículo, encontra pouco conforto na promessa de Deus: "Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá" (Mt 16.25). As promessas do Espírito Santo para nós, em nossa guerra, são para aqueles que se portam como homens e pela fé são tornados corajosos na hora do conflito. Desejo que cheguemos a esse ponto, desprezando o ridículo e o escárnio e a zombaria.
 Nada paga o preço da Vitória da Cruz, fique certo, não se venda, não vale à pena, infelizmente eu sei bem o que é isso e acho que vc também!!!!  

segunda-feira, 12 de março de 2012

A essência do Evangelho

Aprendendo com o mestre, Jesus, o maior exemplo de liderança de Todos os tempos...

Ultimamente tenho pensado sobre algo que me tem intrigado bastante no que se refere ao Evangelho no contexto brasileiro, particularmente isso me preocupa pelo fato de que cada vez mais inúmeras pessoas sentem-se defraudadas, pelas instituições que a cada dia de forma avassaladora reproduzem inúmeros escândalos públicos ou particulares, gerando uma apatia na igreja invisível e uma desunião sem precedentes jamais visto em toda a história do protestantismo no Brasil.
Infelizmente, num país dito democrático, em desenvolvimento, e em constantes mudanças, pouco temos contribuído de fato como cristãos para diminuirmos as causas miseráveis que assolam o país, e que como "instituição supostamente organizada e em nome da paz mundial", poderíamos avançar e não retroceder, reproduzir a ordem sobre os pilares da graça e amor, e alcançarmos os perdidos desprezados pelas regras gerais da sociedade em si, mas infelizmente estamos tão absorvidos pelo ativismo e religiosidade, que não nos opomos àquilo de fato incomodaria Jesus, e que deveria nos constranger como o abandono aos pequeninos e idosos, visitar os órfãos e as viúvas, levantar os fracos e abatidos, consolar os que choram, perdoar e pedir perdão.
Numa geração imediatista e superficial, que supervaloriza os títulos e amam as honras, ficamos inertes a ineficiência da "missão integral" da igreja de forma geral, de ir aos confins. Lamento que usemos das nossas convicções para permanecermos calados diante dos abusos, dos absurdos e dos desmandos de um evangelho de prosperidade e riqueza, que assustadoramente se elenca e se destaca no cenário público e político como uma VERGONHA para todos nós.
O Evangelho de Jesus é simples e alcança a todos, os cultos e incultos, os ricos e os pobres, todas as etnias, tribos e raças, é legitimamente autenticado pelo penhor da graça irresistível e não cede aos apelos da produtividade ou dos super heróis episcopais, também está fundamentado nas convicções de levarmos as cargas uns dos outros, e que ninguém considere nada exclusivamente seu, e que somos mordomos nesse reino e não proprietários.
Como afirma a Palavra, os verdadeiros heróis da fé, estão descritos na galeria de Hebreus 11, homens de fato, aos quais o mundo não eram dignos, homens que amaram o servir como servos e não como senhores, homens que não apenas pregaram a cruz, viveram suas dores, seus açoites, suas perdas e seus horrores, por isso venceram, pq perseveraram e creram que sua recompensa era incorruptível e eternamente gloriosa e assim frutificaram.
Que a cada dia esses homens nos inspirem a seguir Jesus, lembrando que ele não tinha alforge e nem mesmo onde reclinar a cabeça, que não possuía bens ou título, não cobrava pelos seus maravilhosos sermões, vivia pela fé, como Martinho Lutero nos exortou em plena era de Reforma. O justo viverá pela fé.
Muito tem se falado em reforma nesses dias, reforma doutrinário, reforma teológica, ... é o tema mais habitualmente em uso nessa perspectiva exclusivista, em que cada um opta pelo que considera de mais urgente para reformar, eu tb acredito que precisamos reformar muitas coisas, mais imagino que o mais necessário nisso tudo, é a nossa prática sobre o amor e respeito ao próximo, independente de quem seja, se gentil, judeu, grego ou romano, não vivemos mais sobre os ditames de Roma, contudo, nossa consciência ainda permanece lá, nos dogmas romanos, não nos esqueçamos que o protestantismo foi um dos colaboradores para a implantação do capitalismo no mundo, e quem estuda políticas públicas sabe como é perigoso um governo regido pela ditadura capitalista, se vamos falar de reforma, precisamos abrir mãos de muitos pressupostos e teorias essencialmente lucrativas ao capital.
Como profissional de Serviço Social, fico imaginando como sobreviver cristã e assistente social, num universo tão difuso e contraditório, tão enigmático e repleto de dogmas, é preciso buscar muita sabedoria para manter a fé e exercer a vocação com um olhar crítico das questões sociais emergentes na sociedade de forma geral, para não perder o foco de fazer o bem sem olhar a quem.
Me conforta reler o livro Heróis da Fé, e Cristianismo em Crise, para conseguir manter um espírito voluntário e uma fé inabalável, sem ouvir o espírito desse mundo absorto pelo sistema de recompensas e produtividades, SERVIR por amor, é um dos MAIORES DESAFIOS DA IGREJA HOJE, sem sombra de dúvidas!
Os que são espirituais discernem o corpo e assim comem do pão e bebem do vinho, e são co-herdeiros com Cristo da Coroa Incorruptível, estou lutando para permanecer inabalável nessa geração descartável e volátil, correndo em busca do prêmio da soberana vocação, tendo como minha regra de fé e prática EXCLUSIVAMENTE a Palavra de Deus, pq nem td que a sociedade normaliza, na íntegra é natural ao SER HUMANO EM SI, e isso é FATO!




quinta-feira, 8 de março de 2012

Mulheres maravilhosas e cheias de graça!!!


Feliz Dia Mulherada!!!!!



Provérbios 31: 10.

"Mulher virtuosa, quem a pode achar? Pois o seu valor muito excede ao de jóias preciosas."...............

Ser mulher é ser inteligente, altruísta, facetada, criativa, alegre, dinâmica, perspicaz, determinada, fluente, pacificadora, intrigante, enigmática, reveladora, confidente, companheira, edificadora, arquiteta em nossos lares, designer em ambientes frios e sem vigor, em todas as vezes que as circunstâncias nos tentam paralisar e castrar nossos sonhos, nós conseguimos nos recompor, enxugar as lágrimas, levantar e prosseguir confiante, de que outras portas se abrirão, novos horizontes despontarão, novas perspectivas, novos vôos, novos ares, novas possibilidades, novas descobertas, novas expectativas, novos sonhos, novos planos, ... e assim nos tornamos artífices em nossas histórias inacabadas, sendo lapidadas para alcançarmos outro valor, valor inestimável eu diria, descobrimos nossa beleza ofuscada pela brutalidade que as vezes a vida nos propõe viver, passando por situações desagradáveis e descabidas, contudo conseguimos nos sobrepor a elas com tamanha destreza, habilidade e avidez que nos reinventamos em nosso edifício interior, e exteriorizamos novas possibilidades de reformas na alma, no intelecto, nas projeções, nos desapontamentos, transformados por anseios de conquistas maiores, para nos tornarmos mulheres de ferro com nervos de aço, que exprimem a beleza ofuscante dos diamantes e a dureza das pedras lapidadas sob altas temperaturas, temperadas, firmes, suportando outros níveis de desgastes e elasticidades, contudo esboçando largamente um olhar e um sorriso VITORIOSO de SUPERAÇÃO de seus próprios limites e renovando suas forças desgastadas pelas decepções e perdas, com uma confiança inata a nossa essência feminina, tão imitada e desejada nessa nossa era imediatista em que td se copia e nada mais se inventa, a todas nós mulheres MARAVILHOSAS, LINDAS, ESTONTEANTES, CINTILANTES, DETERMINADAS, SENSÍVEIS, PERCEPTÍVEIS, AUDÍVEIS, HONRADAS, COROADAS PELA BELEZA PECULIAR E INDIVIDUAL DE CADA UMA SINGULARMENTE, QUE SOBRESSALTA AOS RELACIONAMENTOS MERCANTIS, meu profundo e sincero desejo de que a cada dia nos descubramos mais MULHER e mais BELA nos mais diversos dos sentidos, desejo a todas muitos mimos, flores, chocolates, presentes, palavras de encorajamento, espelhos construtivos, amor próprio, construção de uma alta estima intocada por mãos humanas e palavras malignas, num DIA DE MILAGRES a todas nós!!!!!


"As mais belas qualidades tornam-se inúteis, quando a força do caráter as não sustenta." - Théophile Gautier.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Linda essa letra...


Fernanda Brum: Não É Tarde

Fernanda Brum: Não É Tarde Papel de Parede Imagem
Não é tarde para se sonhar
O céu ainda é azul há esperança
É só olhar no olhar de uma criança
No sorriso de uma mãe que deu à luz
Não é tarde para se sonhar
O céu ainda é azul há esperança
É só olhar no olhar de uma criança
No sorriso de uma mãe que deu à luz
Ouvirei os testemunhos
De bravos homens que venceram
Ouvirei dos cegos
Que ainda esperam a visão
Ouvirei canções que marcam
Toda uma geração
Não é tarde
Pra sonhar
Não é não
Minha força vem de um Deus que faz milagres
Minha fé está além do impossível
Minha esperança viva está
Meu coração não quer parar
Pois nunca é tarde, não é tarde para se sonhar
Não é tarde para se sonhar
O céu ainda é azul há esperança
É só olhar no olhar de uma criança ( de uma criança)
No sorriso de uma mãe que deu à luz
Ouvirei os testemunhos
De bravos homens que venceram
Ouvirei dos cegos
Que ainda esperam a visão
Ouvirei canções que marcam
Toda uma geração
Não é tarde
Pra sonhar
Não é não
Minha força vem de um Deus que faz milagres
Minha fé está além do impossível
Minha esperança viva está
Meu coração não quer parar
pois nunca é tarde pra sonhar
Minha força vem de um Deus que faz milagres
Minha fé está além do impossível
Minha esperança viva está
Meu coração não quer parar
Pois nunca é tarde, (nunca é tarde)
Sempre há uma esperança
Para aqueles que esperam
Firmes nas promessas do Senhor
O Deus do impossível
Haja o que houver
Eu sonharei
Seus lindos sonhos viverei
Não desistirei
Minha força vem de um Deus que faz milagres
Minha fé está além do impossível
Minha esperança viva está
Meu coração não quer parar
pois nunca é tarde pra sonhar
Minha força vem de um Deus que faz milagres
Minha fé está além do impossível
Minha esperança viva está
Meu coração não quer parar
Pois nunca é tarde, não é tarde para se sonhar.
Ocorreu um erro neste gadget

Dicas...

Dicas

Ás vezes precisamos de algumas orientações simples e básicas, e que costumeiramente não encontramos com facilidade, contudo quando nos dispomos a procurar o que precisamos, sempre encontramos ao nosso alcance, algumas dicas que nos salvariam de problemas futuros, como por exemplo, evitar fazer algumas misturas de tecidos, estampas, e estilos num mesmo look no dia à dia, ou num dia de festa. Que por mais que vc ouse usar, pode até impressionar num primeiro momento, contudo pode vir a chocar, ou escandalizar alguém, pelo excesso ou abuso, de alguma tendencia que não combina com seu estilo ou visual, portanto defina bem sua identidade através do que vc usa e assim vc também atrairá pessoas que como vc se identificam em alguns aspectos, e assim juntos vcs podem desfrutar do que lhes é comum. Use o espelho, e ouça a opinião de alguém que sabe mais do que vcê naquele assunto.
A palavra é sutileza no vestir-se, espiritualmente e fisicamente tb!

Psalm for the Day

Minha vida cabe nas malas que carrego...

Minha vida cabe nas malas que carrego...

A beleza da mulher


A beleza da mulher ou do homem se revela na essência e não na transparência do vestir-se, ou na profundidade dos decotes, ou na compressão dos jeans com strech, ou nas regatas, bermudas, ou naquilo que deveria apenas adornar para realçar o que de fato ela tem na íntegra, algo que vai além do que é visivel e paupável.
O olhar com singeleza e transparência, a boca com doçura e sem leviandade, o aroma que satisfaz e exala o bom perfume de Cristo, as mãos que seguram e sustentam-se na destra fiel do Pai da eternidade, os pés que caminham rumo ao alvo, e a consciência pura e apologética de que precisamos remir nosso tempo pois de fato, os dias são maus.
Busco insistentemente melhorar àquilo que precisa ser retocado no meu eu, não apenas na minha aparência, mas principalmente naquilo que é transparente e que compõe minha essência de uma mulher que ousa andar segundo a vontade de Deus!

Eu curto Vintage

Eu curto Vintage

Cotidiano é diferente de rotina...

Aprendí com os filósofos que rotina é diferente de cotidiano, sou alguém que foge das inutilidades superficiais dos falatórios alheios, e "hoje" em alguns momentos até ignoro algumas situações, para evitar o confronto ou constrangimento desnecessário... para não perder o bom senso... mas isso é muito difícil, é um objetivo diário...

SOU ALGUÉM EM CONSTRUÇAO, que se permite errar e consertar, falhar e pedir perdão sem titubear, e "hoje" entendo claramente que perdão é atitude e não sentimento!!!!

O Senhor vê além do óbvio e visível!!

O Senhor vê além do óbvio e visível!!

Feliz natal em família

Feliz natal em família

Teus olhos estão sobre mim Senhor

Teus olhos estão sobre mim Senhor

Família na praia...

Família na praia...

Meu amor!!

Meu amor!!

Amigas especias!!!!

Amigas especias!!!!

Ministrando aula sobre Platão

Ministrando aula sobre Platão
Tb é uma paixão!!!

Tb amooooOOO

Tb amooooOOO

Com a galera...

Com a galera...

Amigos

Amigos

AmoooOOO vcssss

AmoooOOO vcssss

Missões é uma prática diária...

Missões é uma prática diária...
Não um clichê!!!

Noite especial

Noite especial

Depois cinema básico com a galera!!!

Depois cinema básico com a galera!!!

A Banda

A Banda
Que me ensinou a olhar para os malucos sedentos da Palavra!!!

Mãe, sobrinha, irmã e pai

Mãe, sobrinha, irmã e pai

Programa Oficina de Deus

Programa Oficina de Deus

Quero ser como criança

Quero ser como criança
Para me deliciar com coisas tão simples e baratinhas + tão saborosas!!

Mardunas - Natal

Mardunas - Natal
Acampamento Bola de Neve Church

Isa, eu e Rafinha

Isa, eu e Rafinha

Deus tem seus planos!!!!!!!!

Deus tem seus planos!!!!!!!!

Abra sua mente para ver a grandeza

Abra sua mente para ver a grandeza
A excelência da Palavra de Deus