Memórias metafóricas...

Memórias Metafóricas de Uma Mulher...

Quando pensei em criar um blog, pensei em algo interativo, dinâmico, monocromático, e simultaneamente colorido, multifacetado, diversificado, eclético, teológico, abrangente, etc. e tal, que me permitisse divagar pelas minhas ideologias, fantasias, pretenções, sensações, percepções e concretizações, um diário de bordo, que pertence a alguém que busca conhecimento nas mais distintas áreas e situações, uma mulher que além de feminina, sabe se impor e transpor seus limites e alcançar novos parâmetros na busca de uma auto estima construída com oração, amizade, companheirismo, intimidade, distância, bom senso, caráter, humor, prosa e poesia também, leitura, música de qualidade, recursos tecnológicos, livros, revistas, jornais, coisas que acrescentem a vida, conteúdo que pode ser dividido e repartido... e que vale a pena comentar!!!

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Mulheres Brasileiras... retrocesso e perda de sentidos...


AS BRASILEIRAS: MULHERES DE GARRA QUE NÃO PERDEM O CHARME




Mulheres bem-sucedidas, mulheres violentadas. Mulheres com altos salários, mulheres sem salário. Mulheres com diplomas, mulheres analfabetas. Mulheres com filhos saudáveis, mulheres com filhos doentes. Mulheres com muitos filhos, mulheres estéreis. Mulheres bem casadas e amadas, mulheres abandonadas e mal amadas. Mulheres estruturadas emocionalmente, mulheres desequilibradas, carecendo de ajuda. Mulheres belas em aparência, mulheres feias em sua beleza. Mulheres sábias, mulheres tolas. Mulheres inteligentes, mulheres burras. Mulheres loiras, ruivas, morenas, brancas, pardas, negras, albinas, gordas, magras, seguras e inseguras. Mulheres ajudadoras, mulheres que atrapalham. Mulheres que edificam, mulheres que derribam. Mulheres pastoras, mulheres "esposa de pastores". Mulheres... inúmeras são as qualidades e os defeitos, as possibilidades e estimativas das mulheres em geral, nesse nosso Brasil brasileiro, que a cada dia desvaloriza mais suas mulheres, produtos do cambio, numa moeda em absurdo uso desde a colonização, pelo machismo operante, na mídia, no comércio, nos anúncios, nas prateleiras, nos sambas, nas esquinas, nas novelas, nas minisséries, nos reality's shows, nas músicas, nos funk's, nas suas casas, nos seus empregos, nas suas igrejas, nos clubes, nas faculdades, nas praias, nos supermercados, nos postos de gasolina, nos hotéis, nos fast food's, nas livrarias, nas bancas, nas revistas, nos quadrinhos, nos desenhos, na moda.... nós mulheres brasileiras, qual nosso preço mesmo???!!!!
Cada dia fico mais horrorizada com os absurdos anunciados pelos jornais, os crimes de violência sexual, moral, física e emocional, praticado contra mulheres, no nosso Brasil, muitos deles se iniciando ainda na infância de muitas meninas, que sem nenhuma estrutura se enveredam pelo contexto da desvalorização e comercialização do seu direito de ser mulher, num país aparentemente democrático.



Mas como valorizar alguém que não se valoriza, que não se ama, que não se respeita, que não se conhece???
Como conquistar mais direitos num país em que o próprio sistema em alguns casos castram seus direitos???
Como ser mulher no país do carnaval, da prostituição infantil, da pedofilia, das mulheres de Jorge Amado,  e de tantos outros que descrevem a mulher brasileira como a mulher despudorada, sem vergonha, sem eira nem beira, que ostenta e exibe a beleza do esteriótipo sedutor da mulher melancia e tantas outras que assumidamente saltam aos olhos dos homens brasileiros como padrão de beleza do nosso país????!!!!!
Como ser feminina, sem ser piriguete??? Como ser sedutora sem ser vulgar??? Como ser bela sem ter que andar nua no país em que o belo é estar com tudo de fora???
Ao criar a mulher, Deus nos fez como ajudadora idônea, segundo relatos bíblicos. Ou seja, alguém, adequado e competente. A palavra ezer que significa ajuda, é usada várias vezes no Antigo Testamento, mas nunca se referindo a um ajudador subordinado.
Além disso, Deus formou o homem primeiro e viu que ele estava só. Então o fez dormir e criou a mulher.
Nisso vemos a beleza da criação e do tratamento de Deus para conosco.
Foi Deus quem apresentou um ao outro.
Mas é interessante perceber, que a mulher conheceu a Deus antes mesmo de conhecer a Adão.
Amados, de forma muito simples, fica explicitado nas Escrituras, que a relação do ser humano com o Criador, não depende de gênero, e para afirmar isso não preciso ser feminista, apenas basta ler o texto sem pretexto ou paradigma machista de brasileiro que tem mente de colonizador.
Jesus, no Novo Testamento ratifica essa singularidade, construindo diversos relacionamentos com mulheres em seu ministério terreno, assim como Paulo e tantos outros.
AO PECAREM, HOMEM E MULHER, PERDEM AS MORDOMIAS NO JARDIM.
A justiça de Deus não pretere nem prefere nenhum dos dois. Deus fez a mulher diferente para que ambos se completassem, mas não para serem inferior ou superior ao outro. Somos distintos na maneira de pensar, ver e sentir o mundo. Porém essas diferenças devem nos unir e não nos separar.
Há alguns anos, o presidente dos Estados Unidos, decretou que o salário das mulheres, que era 30% menor que o dos homens, fossem iguais. Isso posso chamar de AVANÇO e CONQUISTA.
O fato de a mulher em muitos casos ter as mesmas responsabilidades, e algumas vezes até mais e receber menos honra, crédito e dinheiro que os homens, é uma atitude retrógrada e machista.
Que tipo de mulheres temos sido???? Que tipo de mulher queremos ser???? Quais os nossos parâmetros de mulheres de guarra e cheias de charme, essas que a mídia nos apresentam como padrões a seguir??? A quem temos seguido e ouvido???? Pense nisso, temos sido mulheres reais, assumindo nossas limitações e vivendo dentro das nossas possibilidades, ou temos nos imaginado e nos comportado como mulheres sob os valores da ótica do valor mercantil que o mundo capitalista exige???
Assim como no Brasil, mundo a fora, o meio evangélico também desvaloriza a mulher tal qual o mundo corporativo, usando alguns textos sob pretexto e fora de contexto, herdados do Brasil colonizado, e importado pela cultura dos paletós e gravatas, dos salmos e hinos, repletos de canções da culturais dos países importados, e tão habitualmente cantados pelos corais nas nossas igrejas tradicionais.
No universo masculino, a mensagem é bastante clara em todos os contextos. O espaço é de vocês meninas, podem trabalhar, podem executar suas idéias, desde que elas não ameacem nossa liderança paternalista herdada da cultura do Brasil colonia.


Pastoras pelo casamento???? Ou pelo ministério pastoral de fato????

As armas são sutis. Percebemos nas entrelinhas nos discursos de apologia a restrita liderança feminina. Muros construídos sob pilares importados de uma cultura importada, pelo evangelho da doutrina da gravata.
E como nosso compromisso é com JESUS, seguimos em frente. Em alguns clãs denominacionais, a mulher é apta para toda espécie de trabalho, principalmente quando não há um homem livre, desocupado, disposto a ir aos confins, como acontece nos campos missionários dos sertões, das aldeias, das igrejinhas pequenininhas, nesses casos, elas estão liberadas a celebrarem a ceia, a doutrinarem o povo, organizarem as igrejas, só não podem casar, batizar, ou celebrar funerais, apesar de terem participados das mesmas aulas que os pastores, aptos para essas cerimônias, e terem recebidos os mesmos diplomas, elas não estão devidamente legalizadas, porque do ponto de vista dessas lideranças, o pastor irá visitar esses campos as vezes uma vez ao ano, e nessa data poderá realizar os batismos, casamentos, consagrações de crianças e talvez até consiga realizar os funerais, rs, rs... todos de uma vez, como manda o figurino!
Também é intolerável ver tanta violência contra as mulheres, muitas vezes nos arraiais cristãos, esposas de homens que são líderes em igrejas, que tem seus sonhos muitas vezes castrados, e em alguns casos até apanham de fato, porque ele é a cabeça da casa e deve corrigir a esposa como um pai, por mais absurdo que pareça, não trata-se de relatos fictícios, mas reais, esses mesmos homens que estão lá nos púlpitos defendendo com suas garras e línguas afiadas seus ministérios, sustentados muitas vezes pelo silencio e orações de súplicas dessas mulheres, que amam Jesus.
Comportamentos assim, resultam de uma imagem real invertida do cristianismo tão pregado e o humanismo tão vivido nos lares, nas mesas, nas camas, nas igrejas, nas conferencias, nos congressos, nos concílios, nos almoços para os pastores e suas esposas, mulheres essas que na maioria das vezes nem nome próprio possuem, pois são conhecidas como a mulher do pastor fulano de tal... aí ousamos falar em avanços de um evangelho cristocêntrico, num meio regido por normas que muitas das vezes são inquestionáveis, aquilo que no mundo, chamamos de tabus, dogmas, e que no contexto se denomina regimento interno de usos e costumes. As irmã servem para fazer aquilo que os reverendos não tem como prioridade e muitas das vezes nenhuma predisposição, como orar incessantemente, visitar os órfãos, as viúvas, os encarcerados, cuidar das crianças, para que elas não atrapalhem o culto, cantar louvores, e coisas do gênero, que os pastores, que deveriam estar nos campos pastoreando as ovelhas de fato, debaixo de sol escaldante, chuva, ventos contrários, lutando com lobos devoradores, levando-as a pastos verdejantes, não estão, porque estão ocupados demais administrando o patrimônio das igrejas, ou escrevendo seus livros, ou dando aulas em vários seminários, ou aconselhando nos seus gabinetes nos horários marcados, participando dos inúmeros congressos, na maioria das vezes dos mesmos assuntos com temas diversificados, rs, rs, rs... ou ainda nos seus estudos de mestrados, doutorados, e afins... vale salientar que não sou contra nada disso, contudo, não existe um único homem capaz de exercer todos esses dons e ministérios simultaneamente, sem que suas adoráveis ou entediadas e esquecidas esposas participem, direta ou indiretamente, não é à toa, que muitos desses homens se envolvem emocionalmente com suas aconselhadas, secretarias, missionárias, diaconisas, etc e tal, tudo por não quererem que suas auxiliadoras idôneas, criadas e dadas pelo Pai, participem ativamente desse honroso ministério, por soberba, arrogância, ignorância, medo, temor, paradigmas, estatutos humanos, falíveis e antiquados, e vaidade masculina de sentir-se superior a sua esposa.
Retrocesso e perda de sentidos no universo corporativo, desde a instituição pública, privada, religiosa, familiar, no núcleo constitutivo de indivíduos que de uma forma ou de outra tenta se sobressair e provar sua superioridade ou se calar diante da possibilidade da inferioridade. Falamos em luta de direitos, que vale no mundo lá fora, contudo fora do contexto evangeliquez, homem e mulher com direitos e deveres, não de um para com o outro, mas consigo mesmo, com o outro e com Deus.
Apesar de tudo tenho esperança, que numa geração próxima, haja novos tempos e surjam mais lideranças femininas, como tantas missionárias e pastoras, embaixadoras, juízas, legistas, escreventes, advogadas, assistentes sociais, médicas, donas de casas, vereadoras, deputadas, prefeitas, presidentas,... e muitas mulheres que se destaquem pelo brilhantismo e realização pessoal. Glória a Deus existem muitas mulheres hoje que nos inspiram e que são modelo para muitas de nós, sob diversos aspectos, poderia citar inúmeras delas aqui, algumas pastoras, missionárias, mulheres de pastores, líderes, mestres, profetisas, cantoras, intercessoras, aconselhadoras, escritoras, mães de multidões, que exercem seus ministérios longe dos holofotes, nos palcos, nos púlpitos ou escondidas pelas cavernas do preconceito e do machismo, agradando ao Criador com os dons e talentos que Ele mesmo lhes presenteou, e se é com o dom de liderança, pastora, mestre, diaconisa, presbítera, levita,... fazendo jus ao título e sem preconceito nem acepção de pessoas, mas como UMA MULHER QUE SE DISPÕE A REALIZAR OS PLANOS DE DEUS NO UNIVERSO.



Só para destacar a opinião de um grande líder no Brasil sobre sua opinião com relação ao pastorado feminino observe bem seus argumentos, sob que pilares ele se fundamenta, e quais os textos que ele usa, excelente vídeo, inspirador para uma mulher como eu que acompanha muitas mulheres a frente das linhas de combate nas guerras espirituais de suas igrejas e de suas vidas pessoais, nas batalhas travadas nos seus lares e nas suas duplas, as vezes triplas jornadas, como assistente social em formação e bacharelada em teologia com concentração em Missiologia pelo Betel Brasileiro e a pouca experiencia que tenho, mas tendo como ícone de uma mulher à frente do seu tempo D. Lídia Almeida, pastora e presidente desse empreendimento que foi precussora dessa ordenança no meio feminino, há tempos atrás, BETEL BRASILEIRO.


Que essa postagem possa nos sacudir meninas como mulheres que AMAM JESUS  e que SERVEM POR AMOR E NÃO PELOS TÍTULOS tão disputados no UNIVERSO MASCULINO, rs, rs, rs...
Ainda bem que tenho uma pastora na minha vida, que me ama, cuida de mim e me ensina através de sua vida, glória a Deus por ela ter esse ministério de pastorear, cuidar, amar e zelar pelas ovelhas do seu rebanho!!!!
Ocorreu um erro neste gadget

Dicas...

Dicas

Ás vezes precisamos de algumas orientações simples e básicas, e que costumeiramente não encontramos com facilidade, contudo quando nos dispomos a procurar o que precisamos, sempre encontramos ao nosso alcance, algumas dicas que nos salvariam de problemas futuros, como por exemplo, evitar fazer algumas misturas de tecidos, estampas, e estilos num mesmo look no dia à dia, ou num dia de festa. Que por mais que vc ouse usar, pode até impressionar num primeiro momento, contudo pode vir a chocar, ou escandalizar alguém, pelo excesso ou abuso, de alguma tendencia que não combina com seu estilo ou visual, portanto defina bem sua identidade através do que vc usa e assim vc também atrairá pessoas que como vc se identificam em alguns aspectos, e assim juntos vcs podem desfrutar do que lhes é comum. Use o espelho, e ouça a opinião de alguém que sabe mais do que vcê naquele assunto.
A palavra é sutileza no vestir-se, espiritualmente e fisicamente tb!

Psalm for the Day

Minha vida cabe nas malas que carrego...

Minha vida cabe nas malas que carrego...

A beleza da mulher


A beleza da mulher ou do homem se revela na essência e não na transparência do vestir-se, ou na profundidade dos decotes, ou na compressão dos jeans com strech, ou nas regatas, bermudas, ou naquilo que deveria apenas adornar para realçar o que de fato ela tem na íntegra, algo que vai além do que é visivel e paupável.
O olhar com singeleza e transparência, a boca com doçura e sem leviandade, o aroma que satisfaz e exala o bom perfume de Cristo, as mãos que seguram e sustentam-se na destra fiel do Pai da eternidade, os pés que caminham rumo ao alvo, e a consciência pura e apologética de que precisamos remir nosso tempo pois de fato, os dias são maus.
Busco insistentemente melhorar àquilo que precisa ser retocado no meu eu, não apenas na minha aparência, mas principalmente naquilo que é transparente e que compõe minha essência de uma mulher que ousa andar segundo a vontade de Deus!

Eu curto Vintage

Eu curto Vintage

Cotidiano é diferente de rotina...

Aprendí com os filósofos que rotina é diferente de cotidiano, sou alguém que foge das inutilidades superficiais dos falatórios alheios, e "hoje" em alguns momentos até ignoro algumas situações, para evitar o confronto ou constrangimento desnecessário... para não perder o bom senso... mas isso é muito difícil, é um objetivo diário...

SOU ALGUÉM EM CONSTRUÇAO, que se permite errar e consertar, falhar e pedir perdão sem titubear, e "hoje" entendo claramente que perdão é atitude e não sentimento!!!!

O Senhor vê além do óbvio e visível!!

O Senhor vê além do óbvio e visível!!

Feliz natal em família

Feliz natal em família

Teus olhos estão sobre mim Senhor

Teus olhos estão sobre mim Senhor

Família na praia...

Família na praia...

Meu amor!!

Meu amor!!

Amigas especias!!!!

Amigas especias!!!!

Ministrando aula sobre Platão

Ministrando aula sobre Platão
Tb é uma paixão!!!

Tb amooooOOO

Tb amooooOOO

Com a galera...

Com a galera...

Amigos

Amigos

AmoooOOO vcssss

AmoooOOO vcssss

Missões é uma prática diária...

Missões é uma prática diária...
Não um clichê!!!

Noite especial

Noite especial

Depois cinema básico com a galera!!!

Depois cinema básico com a galera!!!

A Banda

A Banda
Que me ensinou a olhar para os malucos sedentos da Palavra!!!

Mãe, sobrinha, irmã e pai

Mãe, sobrinha, irmã e pai

Programa Oficina de Deus

Programa Oficina de Deus

Quero ser como criança

Quero ser como criança
Para me deliciar com coisas tão simples e baratinhas + tão saborosas!!

Mardunas - Natal

Mardunas - Natal
Acampamento Bola de Neve Church

Isa, eu e Rafinha

Isa, eu e Rafinha

Deus tem seus planos!!!!!!!!

Deus tem seus planos!!!!!!!!

Abra sua mente para ver a grandeza

Abra sua mente para ver a grandeza
A excelência da Palavra de Deus