Memórias metafóricas...

Memórias Metafóricas de Uma Mulher...

Quando pensei em criar um blog, pensei em algo interativo, dinâmico, monocromático, e simultaneamente colorido, multifacetado, diversificado, eclético, teológico, abrangente, etc. e tal, que me permitisse divagar pelas minhas ideologias, fantasias, pretenções, sensações, percepções e concretizações, um diário de bordo, que pertence a alguém que busca conhecimento nas mais distintas áreas e situações, uma mulher que além de feminina, sabe se impor e transpor seus limites e alcançar novos parâmetros na busca de uma auto estima construída com oração, amizade, companheirismo, intimidade, distância, bom senso, caráter, humor, prosa e poesia também, leitura, música de qualidade, recursos tecnológicos, livros, revistas, jornais, coisas que acrescentem a vida, conteúdo que pode ser dividido e repartido... e que vale a pena comentar!!!

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Comece pela rendição...

Florence White Willett escreveu: "Louvo a Deus pelas experiencias amargas; 'amigas da graça' elas são; tiram-me dos caminhos fáceis de trlhar e ao lugar secreto me conduzirão. Louvo a Deus pelos amigos que falharam e a necessidade do meu coração não puderam aliviar; aos pés do Senhor eles me levaram, para ali do seu amor me alimentar. Sou grata ainda por tudo o que, ao longo da vida, ninguém pôde satisfazer, assim somente em Deus satisfação rica e completa pude obter".
Agora, posso lentamente entender um pouco da força da proporção desse poder do agir do Espírito Santo no coração daquele que se rende em contrição e lamento, em profunda intimidade e comunhão, a força na fraqueza. Eu já lutei bastante ao longo da minha vida, e por anos tentei não abandonar esse hábito de querer sempre vencer, contudo anos a fio percebí que nas horas de perdas, fracassos, solidão, choro contido, sublimação, só encontrei orgulho e privação dos mais nobres dos sentidos, mas que hoje percebo  chama-se 'lucidez' rumo à maturidade. 
No encontro comigo mesma, perspicaz e intimamente sinto o poder de uma dinamite que explode dentro de mim, e faz meu coração se dilacerar e se partir, meus pedaços de toda uma vida de construção se vão pelos ares, pois todos os alicerces aparentemente firmes e sólidos, foram tempestuosamente arrancados de tal forma que fiquei a olhar para trás, vagando dias, meses, anos, sem encontrar um lugar seguro. 
Quando subitamente encontrei uma caverna no recondito do meu coração e nela me abriguei, soluçando, percebí que havia uma fresta pela qual uma luz entrava e iluminava todo o ambiente, e ali recebí o afago, o amor, a proteção, o calor de um Pai bondoso que jamais abandona seus filhos, ainda que na sua pequenez eles não o vejam como de fato Ele o é. 
Deus é um Pai que jamais nos abandona, como diz canção, "se você não sabe para onde seguir, se vc percebe que não quer mais fugir, levante a cabeça e não olhe para trás, chame a Deus, chame a Deus..." 
 Hoje, sinto uma leve e maravilhosa brisa me tocar, nos momentos mais dificeis, sinto sua mão me sustentar, quando tropeço e caio, vejo seus braços me reerguerem, como criança o Senhor me levanta e me mostra a pureza e a leveza da sua obra na minha vida.
Olho então para trás e vejo que trilhei por um caminho bem estreitinho quase sufocante, por instantes angustiantes, mas meu rumo é o céu, meu alvo é me encontrar com o amado da minha alma, com o meu bem maior, não importa o que tenho que perder para alcançar a excelencia da sua companhia e desfrutar das suas delicias, eu quero sentar-me à mesa, e fartar-me do seu manjar para mim. Te amo Pai pelo que tu fazes em mim!

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

O Poder da FRAQUEZA!!!!!

"Paulo avançou através de uma série de dificuldades terríveis, que mais tarde lista na mesma carta".
                                                                                                                              (2CO 11:22-28).
"São hebreus? Também eu. São israelitas? Também eu. São da descendencia de Abraâo? Também eu. São ministros de Cristo? Também eu. (Falo como fora de mim). Eu ainda mais: em trabalhos, muito mais; muito mais em prisões; em açoites, sem medida; em perigos de morte, muitas vezes. Cinco vezes recebí dos judeus uma quarentena de açoites menos um; fui três vezes fustgado com varas; uma vez apedrejado; em naufrágio, três vezes; uma noite e um dia passei na voragem do mar; em jornadas, muitas vezes; em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos entre patrícios, em perigos entre gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre falsos irmãos; em trabalhos e fadigas, em vigílias, muitas vezes; em fome e sede, em jejuns, muitas vezes; em frio e nudez. Além das coisas exteriores, há o que pesa sobre mim diariamente, a preocupação com todas as igrejas".                 
                                                   (Paráfrase de vários versículos do texto de Paulo, escrito a próprio punho).

Além de td isso, o Senhor lhe deu um espinho na carne. O Senhor respondeu às suas orações desesperadas para remover o espinho - o que quer que tenha sido - de um modo inteiramente inesperado. Ele simplesmente respondeu: "Minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza" (1 CO 12.9).
Surpreso? "Você quer dizer que não preciso ser super forte e suportar cada provação apoiado em meus próprios recursos?" Nada disso. De fato, a única maneira de qualificar-se para perceber a força dele é quando admite sua fraqueza, quando admite que não é capaz, nem forte, é falível, pobre, miserável e pecador. Quando, como Paulo, estiver disposto a não se gabar de nada além da sua fraqueza e do poder de Deus.
Preferimos admirar Paulo pela sua resistencia nas provações. Queremos apalaudir sua firme determinação contra a perseguição cruel. Mas ele ns diz em todas as suas cartas. Não! Não! Você não compreende. Eu não sou forte. Aquele que derrama seu poder em mim é que é forte. Minha força vem da fraqueza. Isso não era falsa modéstia. Paulo diria: "A força vem quando abraçamos a fraqueza e nos vangloriamos dela". É esse tipo de atitude de rendição e adoração, que atrai a força divina e permite que ela entre em ação.
J. Oswald Sanders, em seu livro, Paul, The Leader, escreveu: "Fazemos parte de uma geração que adora o poder - militar, intelctual, econômico, científico, eclesiástico. O conceito de poder é tecido na trama da nossa vida diária. O mundo inteiro é dividido em blocos de poder. Os homens em todas as partes lutam pelo poder em várias esferas, no geral com motivos questionáveis".
O celebrado pregador escocês, james Stewart, fez uma declaração que é, ao mesmo tempo, um desafio: "É sempre sobre a fraqueza humana e a humilhação, e não sobre a força e confiança humanas, que Deus escolhe construir seu reino; Ele pode usar-nos não simplesmente apesar da mediocridade, impotência e enfermidades que nos desqualifiquem, mas exatamente porcausa delas".
Esta é uma descoberta emocionante! Ele transforma nossa atitude mental em relação às nossas circunstâncias. A chamada Paz de Deus que excede todo entendimento. E bem entendido no tocante às fraquezas aqui citadas, nada têm a ver com atitude de pecado, mas literalmente incapacidade. Rs, rs, que fique bem entendido, para não afirmarem que estou fazendo apologia à prática do pecado que se apoia na graça divina, para contuar pecando e se justificando.
Vamos parar aqui, e considerar sinceramente e pessoalmente esse principio da graça do poder de Deus que se aperfeiçoa nas nossas fraquezas. Suas humilhações, conflitos, batalhas, fraquezas, incompreensões, sentimentos de inaptidão, impotências e até suas chamadas enfermidades "que desqualificam" são precisamente o que o tornam eficientes! Eu poderia avançar e dizer que elas representam o cerne da grandeza. Uma vez que você esteja convencido da sua fraqueza e não tente mais ocultá-la, principalmente para vc mesmo, você abraça o poder de Cristo.
Paulo modelou maravilhosamente esse traço, no momento em que compreendeu o princípio. Seu orgulho, seus títulos, seu conhecimento, sua influência, sua dupla cidadania, sua prepotência desapareceu e logo foi substituído por genuína humildade que nenhuma dificuldade podia apagar.
Neste momento, estamos enfrentando algumas situações impossíveis, como por exemplo, o Brasil diante de várias tragédias., td isso nos impressiona e constrange profundamente.  Para ser honesta, sou fraca demais para lidar com algumas dessas situeações. Vc também. Fico desanimada. É dificil passar por alguns momentos em que não mergulhemos num leve sentimento de desalento. Parece-lhe familiar? Admita! Algumas noites não durmo bem. Aí aproveito essas noite para orar e clamar a Deus pela sua graça. e pela sua igreja em toda a terra, e toda confusão que tira o evangelho de Cristo do seu centro. Há ocasiões em que choro, decepcionada com o fracasso de algum indivíduo... ou com o meu mesmo. Vc também? Você e eu precisamos lidar com o fato de que jamais poderemos lidar sozinhos com qualquer dessas pressões. Quando reconhecemos isso, e não antes, sua abundante graça é liberda dentro de nós, e assim louvamos ao nosso Deus amado pelas nossas tribulações e fraquezas, esse é o mistério da maravilhosa e insubstituível intimidade da criatura com o seu criador, da serva com o amigo fiel, da noiva com o amado da sua alma. Bjo gde e dia abençoado p nós!!!!!!!!!!!!!


domingo, 23 de janeiro de 2011

A arte de silenciar eleva-nos a ouvir a majestosa voz do nosso Deus!

"O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda em sabedoria será salvo". 
                                                                                                                                   (PV 28.26)
O silêncio é uma arte perdida. Nestes dias corridos e barulhentos, qualquer pausa que promova meio segundo de ausência sonora é constrangedora.
Talvez por isso em alguns ambientes nem há mais sermões religiosos ou juridicos, sem uma música de fundo - uma possível tentativa de eliminar os terríveis momentos de silêncio entre uma frase e outra do locutor! Outros diriam que é mais uma estratégia de manipulação emocional, eu prefiro afirmar que trata de momentos de relaxamento e atenção profunda, em que a música no fundo pode ser um efeito facilitador ou complicador, para a absorção daquilo que se quer transmitir. No meu caso particularmente, amo música, e acredito que uma bela musica tocada ao fundo de um precioso discurso é imprescindível e revigorante, e nos eleva mais além, daquilo que o silêncio absurdo do lugar nos permitiria ouvir, além dos ruídos comuns.
O ponto é que o silêncio se torna cada vez mais distante de nós. Pois o mundo real hoje é muito barulhento. E de fato, até mesmo quando estamos sozinhos, sem a presença de pessoas ao nosso redor, ou próximas a nós, ainda assim, são raros nossos momentos silenciosos, sempre tem um som ligado, ou uma tv. E como alguém já disse, precisamos saber silenciar e apreciar o som ensurdecedor e perscrutador do silêncio que nos cerca, para ouvirmos um pouco nós mesmos, e a voz de Deus.
A dificuldade reside no fato de que este fenômeno chamado silêncio, que não apenas acontece fora de nós, mas nos ambientes à nossa volta, e também em nós. Na era da "democratização" do espaço público, quando todos têm "voz", ninguém quer ficar calado, todos têm direito de falar, poucos são os que se calam, e quando se calam, assim o fazem por depreciação do prazer de estar em silencio, mas por "obediencia" irrestrita ao chefe na empresa, ao mestre na escola, ao pai, até ao amigo que não suporta ouvir algo que possa confrontá-lo, e esse silencio embora, aparentemente confortável para os seus ouvintes, é extremamente maléfico e feroz a conveniencia da .autenticidade do locutor.
A famosa liberdade de expressão que não deve ser expressa, para não atingir aos ouvidos sensiveis do homem que não suporta ficar em silencio por alguns instantes para ouvir o que o mundo e os outros têm a dizer a respeito do que lhes parece imprescindível.
Quando criei esse meu blog, meu objetivo foi exatamente falar aqui coisas que habitualmente percebo, de formas metafóricas, com linguagens usuais, daquilo que faz parte do meu cotidiano, sem agredir ou denegrir a imagem de alguém, e isso me faz muito bem, porque me permite ajudar pessoas que na maioria das vezes não têm com quem compartilhar um problema comum, um trauma, uma vivencia, uma experiencia boa ou ruim, uma sensação de desleixo, descuido ou descaso, sofrido ou provocado por ele ou pelo o outro, uma via de mão dupla, eu me conserto e vc se conserta, naquilo que percebermos de estranho em nós mesmos, naquilo que nos indigna. 
Assim como em todas as minhas outras publicações, o silêncio por mais eloquente que seja em algumas circunstancias e em alguns momentos, deve ser um instrumento de harmonia e profunda contrição, que te eleve até o mais profundo do seu encontro com Deus e com você mesmo. O silencio permite-nos uma reavaliação peculiar e entrigante dentro de nós, sob a ótica da avaliação pessoal, do que precisa ser mudado em mim mesmo, que conduta precisa ser repensada e transformada, que sonho que se desfez diante do realismo frio de alguém que te julgou por um instante só, uma recauchutagem dos seu mecanismo de defesa contra a baixo estima e todos os ardis do inferno para paralisá-lo.
Estar em silencio eu diria éum momento ímpar com o Criador, pensar, repensar, avaliar, reavaliar, analisar as minucias e os detalhes dos seus gestos, palavras e erros ou acertos, só te garantirão uma coisa, seu crescimento pessoal, longe do barulho que as vezes nos afastam daquilo que precisamos cultivar, nosso jardim secreto de intimidade com Deus. Ouse ficar sozinho(a). Entre no seu quarto, tranque a porta, e invista tempo em você mesmo(a), realize-se superando seus medos e inseguranças juvenis, o escuro não reproduz mais sombras perturbadoras, pois a luz de Jesus ao seu redor tornará suas trevas em luz. No seu silencio, Deus fala, pare de tagarelar para ouvi-lo!

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Devemos fugir da síndrome de Peterpan na alienação da "adoração"!

Criando uma cultura de autenticidade




"Se afirmamos que estamos sem pecado, enganamos a nós mesmos..."                                                               I João 1.8.

       Na fase da infância, habitualmente fingimos ser super heróis, os meninos baseados nas histórias do homem de gelo, do super man, do homem aranha, do incrível huck, do homem elástico, ... e as meninas instigadas pela beleza e força da mulher maravilha, sherra, smorfete, ou qualquer outra heroína das nossas histórias infantis. Também nessa fase da primeira infancia, mentimos, brigamos, fingimos, fazemos birra, trocamos de brinquedos, nos abusamos com facilidade de alguns alimentos, nos sujamos com frequencia, não gostamos de fazer tarefas, finimos obedecer, temos aquele sorrisinho manhoso quando queremos ganhar algo de alguém, somos maliciosos quando colocamos as escondidas o pé para que o outr caia, enfim, essa deveria ser a fase peterpan de cada um de nós, ainda na infancia.
         Contudo, apesar das aparentes mudanças, do corpo desabrochar, da voz mudar de tom, dos cabelos mudarem de cor, muitos desses hábitos permanecem conosco na fase juvenil e adulta. Os noticiários afirmam que muitos jovens e adultos, continuam burlando a lei para obter vantagem, como por exemplo dirigir sem habilitação de transito, usar a carteira de convenio da irmã, numa consulta com um médico conhecido, se esconder de alguém em quem estamos em débito, fingir que não estamos em casa, quando não queremos falar com tal pessoa, ignorar alguém com quem não queremos conversar, dizer que nos atrasamos porque o ônibus demorou, ou que ficamos presos no transito em um congestionamento, e além de outras formas que cotidianamente usufruimos para obter vantagem sobre alguém.
            Todos nós fingimos ser alguém que não somos. É comum as crianças fingirem ser outra pessoa, um grande jogador de futebol, um piloto de fórmula 1 ou o presidente da República. É normal que as crianças finjam porque ainda estão em fase de formação de identidade, construindo seu caráter e personalidade. Entretanto, o objetivo é aprender a ser você mesmo quando adulto.
             Infelizmente, poucos adultos parecem sentir-se à vontade consigo mesmo o suficiente para não fingir. O medo da desaprovação, da rejeição e da condenação faz os adultos fingirem, incluindo os cristãos, e até os líderes espirituais - nem sempre vivendo exteriormente o que somos interiormente, mas sempre sentido a necessidade de parecer um pouco melhor do que a pura honestidade revelaria. Uns fingem ser os super homens que não são, outros fingem ser os mais miseráveis dos pecadores, num profundo sentimento de autocomiseração.
               Nossa geração precisa de homens e mulheres reais. Uma geração que busca coisas reais, embora não saiba exatamente distingui-las. Por ter aturado tanto "ego-ismo" e desapontamento por parte daqueles que, supostamente, deveriam confiar e seguir, antes de se dispor a crer, as pessoas querem ver uma fé genuína que funcione para aqueles que são menos perfeitos.
                Querem saber mais sobre o Deus verdadeiro que ama o pecador, e que é galardoador dos que o buscam. Elas desesperadamente querem permissão para ser quem são, na esperança de tornar-se mais. Não estão dispostas a fingir, muitos precisam entender que todo mundo é hipócrita até certo ponto, porque chega um momento em que não dá mais para fingir.
              Estamos vivendo dias de fast foods, evangelhos sem essencia, comidas rápidas, louvores extravagantes, qual a necessidade do desespero e extravagancia para adorar a Deus, Ele não é mais imanente (Deus de perto), por isso a necessidade de chamar a atenção, de gritar enfurecidamente, de bradar sem lucidez, não deveríamos oferecer um culto racional, porque estamos então tão ocupados com cultos irracionais?
          Se Davi era um adorador extravagante e desesperado por Deus, por que ele não demonstrou isso em sua poesia? Ou mesmo em sua vida?
Ensina-me a fazer a tua vontade, pois és o meu Deus. O teu Espírito é bom; guie-me por terra plana. Sl 143.10

            Na pregação dos extravagantes e desesperados, o rei Davi parece ser o ícone superstar desse movimento alienado e esquizofrênico do cristianismo contemporâneo. Mas por que motivo lemos a poesia de Davi ou mesmo sua história e não conseguimos ver um homem descentralizado, sem esperança e sem rumo, aflito e atormentado? Mesmo um “adorador extravagante e desesperado” de nossos dias sabe que esses não são adjetivos inerentes ao cristão, mas ao perdido. Algo extravagante, foge aos padrões normais, foge a centralidade das idéias, foge ao natural, foge até a Palavra de Deus, porque trata-se do irracional, você entra em êxtase para se oferecer como oferta, mas como ser uma oferta sem raciocinio de adorador.
               Em meio a toda essa confusão de altares, no mínimo é perigoso oferecermos uma oferta confusa, cheia de estardalhaços, a um Deus que de fato não conhecemos, com o qual não temos nenhum arelação de intimidade, negligenciando sua verdade e sua santidade quando fingimos ser os super crentes naquele instante da adoração. Adoração começa com reconhecimento de quem Deus é, de quem nós somos, e autenticidade, pureza e humildade, e não com réplicas nem mantras, nem frases de efeitos psicologizantes, nem com superpoderes gospel, porque o verdadeiro adorador reconhece que toda suficiencia e poder vem dele, e a alegria que emana de Cristo não se define em confusão numa guerra de altares. 
               Precisamos ser autenticos, independentes do estilo que temos, da roupa que usamos, da igreja que pertencemos, do nosso credo de fé apostólico, precisamos reter firmes nossa confissão de fé, Deus é espírito e importa que seus adoradores, o adorem em Espírito e em verdade, não somos réplicas, nem cópias, nem clones, somos individuais, estando em pé, sentados, deitados ou prostrados, eufóricos ou compenetrados, nossa atitude deve ser racional, excelente, inteligente, construtiva, frutifera, não existe um modelo, uma receita pronta de adoração, devemos abandonar as roupas infantis que usamos na infancia, as capas de super heróis, por que elas nãos nos cabem mais, precisamos ser pecadores remidos que reconhecem a santidade de Deus e anseiam por adorá-lo com inteireza de coração, sem querer impressionar ninguém, por que Aquele que é o objeto da adoração não se surpreende com nada que lhe apresentemos, por mais mirabolante que seja, Ele não recebe fogo estranho, que não consome nossos pecados em meio a adoração, porque este deve ser o cheiro do insenso que deve subir do altar que erguemos quando nos colocamos em sua presença na posição de oferta de adoração.
               Quando o apóstolo Paulo, expressou sua adoração a Deus, ele provavelmente estava em estado de contemplação, e com riqueza de detalhes e com raciocínio lógico, ele deixou nítida a sua intimidade e seu conhecimento de quem Deus era na sua vida,  por isso afirmou lucidamente, "Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão enscrutáveis, os seus caminhos! Quem pois conheceu a mete do Senhor? Ou quem foi o seu conselheiro? Ou quem primeiro deu a ele para que venha a ser restituido? Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A Ele pois a glória eternamente" (Rm 11:33-36).
                E assim como Paulo, Davi, Asafe, Abel, Abraão, e tantos outros adoradores cautelosamente devemos fugir da síndrome de Peterpan na alienação da adoração, e devemos buscar ofertar a Deus nosso melhor, nossa voz com afinação e beleza, nossos instrumentos em harmonia, nossas danças com pureza e riqueza de detalhes, nossos louvores, que são nossas palavras de adoração com integridade, é pessoal, é sua ministração para o coração de Deus, a oferta é você, é sua declaração de amor para ele, é seu momento de intimidade com ele, portante dobre-se (não necessariamente fisicamente e visivelmente) diante dele com inteireza, lance fora sua máscara de super santo, apresente-se como pecador arrependido, com confissão de pecados, com um coração contrito que Ele não te rejeitará. Deus nos ama exatamente como somos e nos aceita com todas as nossas falhas, visiveis ou não, jamais conseguiremos impressioná-lo, portanto não perca tempo com isso, mas também não esqueça de que adoração vai além de canções e momentos de euforia, é sua vida de gratidão em adoração,  autenticidade e integridade, sem arroubos de crise de personalidade, sem infantilidade e ingratidão, principalmente quando ninguém está lhe vendo!





quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Composição em xadrez........ febre da temporada!!!!

Looks e composições com peças variadas em xadrez!!!!

Diversificados e modernos!!!!



Coloridos também!!!!
As famosas também aderiram ao charme da camisa xadrez!!!
Dica de uma composição mto legal!!!


Depois de todos esses looks despojados, componha vc tb o seu!!!

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Palavra Chave para este verão - Macacão - Peça Coringa!!!!

Composições diversas com um simples macacão
As Celebridades já aderiram ao new look da estação!!!

As famosas já aderiram esse new look






De vários tamanhos, cores, e formas





Arrasou meninas!!!!! Adorooooo essa composição despojada e versátil, que alonga a silhueta e oferece conforto e elgância!!!!





sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Amizade, se não tiver amor de nada vale!!!!

Olá amigos, estive essa semana inteira orando e pensando sobre algo que tem me preocupado nesses dias, cada manhã, percebemos o quanto a iniquidade tem se multiplicado pela terra, a partir de uma noticia que vemos na tv, na internet, ou numa conversa informal com alguém, sempre ouvimos sobre violência, injustiça, descaso, partidarismo, luta de poder, brigas, falsidade, hipocrisia, inveja, cobiça, ódio, ressentimento, amargura, frustração, revolta, decepção, etc e tal e td isso advem da solidão do homem, da falta de intimidade dele com Deus e tb com o próximo.
 Foi então que comecei a pensar que todos esses sentimentos surgem a partir de uma mesmo efeito causal, chamado insatisfação pessoal.
E aí pensei, que seria interessante falar um pouco sobre isso, mas primeiramente quero fazer uma rápida reflexão sobre algo que costumeiramente fazemos com o próximo.
Nesses dias não temos tempo para conversar com ninguém,
quando perguntamos e aí td bem com vc?!,  não queremos ouvir nenhuma resposta exceto que td vai bem, apenas fingimos ser educados, amigos, não é mesmo?!, rs, rs, rs... pq temos pressa em concluir algo mais interessante, com base nas nossas reais necessidades de concluirmos algo que julgamos ser mais interessantes para nós, pq somos homens e mulheres ocupados, e o tempo urge!!!
 Assim, estamos construindo nesses últimos anos, relações superficiais, vãs, passageiras, e eu me arrisco a dizer, relações mercantis (conforme os ditames capitalista), de troca, barganha, sou seu amigo e parceiro, até o momento que vc me interessa ou me favorece, caso contrário, a fila anda!!!
E assim, geramos insatisfação no outro que julgava ser nosso amigo, e automaticamente tb não conseguimos nos satisfazer, pois temos necessidade de construir novos relacionamentos mercantis, amigos virtuais, ou reais, que apenas passam pelas nossas vidas, que apenas causam, rs, rs, rs... pq não temos tempo para investir em relacionamentos longos, verdadeiros, construtivos, que causam impactos em nossa vida, que nos confrontam, nos exortam, nos estimulam tb, nos amam como somos e não como pensavam que fossêmos, que nos cativam a cada encontro, que nos ajudam e nos fazem nos sentirmos de fato reais em suas vidas, que demonstram interesse genuíno pela nossa conquista ou perda, sucesso ou anônimato, alegria ou tristeza, fartura ou escassez, que querem nos ouvir, ainda que seja a maior de todas as abobrinhas já ditas, rs, rs, rs... após toda essa reflexão, fico pensando, se de fato, tenho sido amiga de alguém, se de fato quero constranger alguém a construir um relacionamento vivo, sincero, produtivo, íntegro, eficaz, de impacto, de decepção, de alegria, de paz, de persuasão, de entrega incondicional.
Jesus passa a nos chamar de amigos
, quando de fato nos entregamos a ele, sem reservas, sem medos, sem dúvidas, mas também sem receio de sermos nós mesmos com ele. Amizade é algo que deve ser estimado e cultivado por nós, respeito, consideração, audição tb, precisamos parar para ouvir PESSOAS, pq elas é que precisam ser tocadas, alcançadas, amadas, estimuladas, e não os objetos que habitualmente usamos para realizarmos nossas trocas, num sistema, em que vc vale o que vc tem ou o que pode fazer por mim ou pela minha causa, assim como Jesus amou Pedro mesmo sabendo que ele havia o negado três vezes consecutivas, precisamos ser mais tolerantes e verdadeiros com o nosso próximo, e amarmos indistintamente, sem acepção, e acreditarmos que nossos relacionamentos nos trarão satisfação e realização pessoal, se formos de fato, AMIGOS reais e não fingidos.
Nossas atitudes e palavras podem causam impactos profundos na vida de alguém, marcas de uma história que ficarão guardadas nas digitais do coração que se doou ara receber e dar um gesto, uma palavra, um presente de amor fraterno!
Um beijo carinhoso no seu coração e saiba que ainda que não alcancemos todos os corações, sejamos pelo menos audíveis aos corações aflitos e necessitados, que não nos falte jamais uma palavra de estímulo e encorajamento àqueles que Deus colocou nos nossos dias frios e quentes, o que o mundo precisa é de amor, e amor é calor que aquece, e que não esmorece, nem obscurece, nem desaparece.Deus nos abençoe!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Tendências de biquines para curtir o verão 2011

Olá, como já estamos de FÉRIAS (finalmente) e a maioria das meninas viajam para praia ou quer pegar um bronzeado no clube, então pra não fazer feio tem que ter um biquíni à altura, não é???!!!


Aqui estão os biquínis que serão tendência nesse Verão 2011.

Os biquínis para o verão 2011, são tudo o que há, e é o que está em alta no momento, a tendência é resgatar estilos de décadas passadas e atualizar os atuais modelos. Será levado em conta também as referencias étnicas para montar a estampagem das peças e a forma da textura.

                                        Escolhendo então o biquine de acordo com seu tipo físico!!!
1. Quadril largo: Use estampas no sutiã e calcinha lisa e escura, pois diminui a atenção ao quadril. Um modelo que também favorece, são os que tem amarração lateral (mais larga), pois permitem que se regule, evitando assim apertar o quadril.
2. Quadril estreito: As calcinhas com detalhes laterais (laços, bordados, fivelas), chamam a atenção e ampliam o quadril.
3. Seios grandes: Dê preferência às frentes únicas, pois elas proporcionam maior sustentação e segurança. É também recomendado sutiãs com alças mais largas e com reforço na parte inferior (para sustentação)
4. Seios pequenos: Para realçar os seios, a dica é investir em peças com detalhes na parte de cima. Outra opção é usar sutiãs com bojo, que levantam e dão forma ao busto.
5. Costas largas: Sutiãs com alças cruzadas nas costas é uma boa pedida, pois faz com que as pessoas olhem para o centro das costas, e não para os ombros, disfarçando a largura. Evite usar tomara-que-caia, pois atrai a atenção para os ombros.
6. Barriguinha saliente: Para diminuir a barriga o truque é usar biquíni com transpassados, listras diagonais ou com cintura um pouco mais alta
7. Pernas curtas: É recomendável calcinhas de laço, ou fininhas do lado (quanto mais cavada, mais vai realçar suas pernas).
8. Pernas compridas: Quanto mais larga for a lateral, mais curta a perna aparenta ser. Então prefira calcinhas com laterais mais largas.
Além disso as estampas estão por toda parte também onde você pode misturar estampa com estampa e abusar das cores.




 tendência de biquíni para este verão é manter as modelagens maiores e os cortes assimétricos, que foram usados durante 2010. O que vem para destacar nesses modelos são os apliques em metal, correntes e laçinhos, darão o ar da graça aos biquínis moda praia 2011.
O estilo tomara-que-caia também promete permanecer em alta! Como vimos, os modelos são dos mais variados tipos, o que importa realmente para a moda de 2011, é a variedade, diversidade e conforto. Para os modelos, você pode aguardar os tomara que caia, os com fivelas, os modelos continuam maiores, tanto os maiôs, quanto os biquínis, além dos cortes assimétricos. 
O importante é que mesmo com pouca roupa a mulher esteja confortável, bem vestida e elegante. Os biquínis com estampa apenas numa das partes continua, neste caso quem possui um biquini liso, poderá apenas adquirir uma parte com estampa florida e fazer a combinação. Pronto, depois de todas essas dicas, escolha um biquíni novo para curtir o verão com beleza, conforto e segurança!!!!!!


 

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Sapatos para que te quero!!!!

Perfeitos!!!!

Lindo!!!!!

Amei!!!!

Eu quero todos pra mim!!!!!!!!!!!!!!
Uma sandália muito confortável e bem atual!!!

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Looks legais dessa estação



domingo, 2 de janeiro de 2011

Feliz Ano Novo para todos vocês!!!!!!!!


Além
de ser consciente, a graça há de ser em você " crescente"; deverá ir
aumentando em você cada vez mais; siga o exemplo de Jesus que " ia
crescendo e se fortificava : estava cheio de sabedoria, e a graça de
Deus repousava nele "
( Lc 2, 40 ).
Amanhã, todos nos cumprimentaremos, augurando-nos " Feliz Ano - Novo! "
E fazemo-lo com sinceridade.
E costumamos repetir também a conhecida frase: " Ano novo, vida nova! "
Para
cada um de nós, um novo ano supõe uma nova possibilidade de perfeição,
de melhoramento, de própria superação. Neste novo ano, você não deve
se contentar em ser como foi no ano passado.
Não; não estou lhe dizendo que no ano passado você foi ruim; é verdade, porém, que neste novo ano você tem que ser melhor.

Pois foi bom que no ano passado você não foi ruim; mas seria muito ruim se este ano você não fosse melhor.
É a lei do progresso, que é lei própria de todo ser vivo.
Como
você vai progredindo em tudo, em idade, em conhecimentos, em
experiências, etc..., assim deve ir crescendo também em seu espírito.

Desejamo-lhes,
pois, um feliz ano - novo, com essa felicidade que é fruto do esforço
diário no afã de sobrelevar-se em cada um dos atos.
Bjo gde Rouse e Renato!!!!!!
Ocorreu um erro neste gadget

Dicas...

Dicas

Ás vezes precisamos de algumas orientações simples e básicas, e que costumeiramente não encontramos com facilidade, contudo quando nos dispomos a procurar o que precisamos, sempre encontramos ao nosso alcance, algumas dicas que nos salvariam de problemas futuros, como por exemplo, evitar fazer algumas misturas de tecidos, estampas, e estilos num mesmo look no dia à dia, ou num dia de festa. Que por mais que vc ouse usar, pode até impressionar num primeiro momento, contudo pode vir a chocar, ou escandalizar alguém, pelo excesso ou abuso, de alguma tendencia que não combina com seu estilo ou visual, portanto defina bem sua identidade através do que vc usa e assim vc também atrairá pessoas que como vc se identificam em alguns aspectos, e assim juntos vcs podem desfrutar do que lhes é comum. Use o espelho, e ouça a opinião de alguém que sabe mais do que vcê naquele assunto.
A palavra é sutileza no vestir-se, espiritualmente e fisicamente tb!

Psalm for the Day

Minha vida cabe nas malas que carrego...

Minha vida cabe nas malas que carrego...

A beleza da mulher


A beleza da mulher ou do homem se revela na essência e não na transparência do vestir-se, ou na profundidade dos decotes, ou na compressão dos jeans com strech, ou nas regatas, bermudas, ou naquilo que deveria apenas adornar para realçar o que de fato ela tem na íntegra, algo que vai além do que é visivel e paupável.
O olhar com singeleza e transparência, a boca com doçura e sem leviandade, o aroma que satisfaz e exala o bom perfume de Cristo, as mãos que seguram e sustentam-se na destra fiel do Pai da eternidade, os pés que caminham rumo ao alvo, e a consciência pura e apologética de que precisamos remir nosso tempo pois de fato, os dias são maus.
Busco insistentemente melhorar àquilo que precisa ser retocado no meu eu, não apenas na minha aparência, mas principalmente naquilo que é transparente e que compõe minha essência de uma mulher que ousa andar segundo a vontade de Deus!

Eu curto Vintage

Eu curto Vintage

Cotidiano é diferente de rotina...

Aprendí com os filósofos que rotina é diferente de cotidiano, sou alguém que foge das inutilidades superficiais dos falatórios alheios, e "hoje" em alguns momentos até ignoro algumas situações, para evitar o confronto ou constrangimento desnecessário... para não perder o bom senso... mas isso é muito difícil, é um objetivo diário...

SOU ALGUÉM EM CONSTRUÇAO, que se permite errar e consertar, falhar e pedir perdão sem titubear, e "hoje" entendo claramente que perdão é atitude e não sentimento!!!!

O Senhor vê além do óbvio e visível!!

O Senhor vê além do óbvio e visível!!

Feliz natal em família

Feliz natal em família

Teus olhos estão sobre mim Senhor

Teus olhos estão sobre mim Senhor

Família na praia...

Família na praia...

Meu amor!!

Meu amor!!

Amigas especias!!!!

Amigas especias!!!!

Ministrando aula sobre Platão

Ministrando aula sobre Platão
Tb é uma paixão!!!

Tb amooooOOO

Tb amooooOOO

Com a galera...

Com a galera...

Amigos

Amigos

AmoooOOO vcssss

AmoooOOO vcssss

Missões é uma prática diária...

Missões é uma prática diária...
Não um clichê!!!

Noite especial

Noite especial

Depois cinema básico com a galera!!!

Depois cinema básico com a galera!!!

A Banda

A Banda
Que me ensinou a olhar para os malucos sedentos da Palavra!!!

Mãe, sobrinha, irmã e pai

Mãe, sobrinha, irmã e pai

Programa Oficina de Deus

Programa Oficina de Deus

Quero ser como criança

Quero ser como criança
Para me deliciar com coisas tão simples e baratinhas + tão saborosas!!

Mardunas - Natal

Mardunas - Natal
Acampamento Bola de Neve Church

Isa, eu e Rafinha

Isa, eu e Rafinha

Deus tem seus planos!!!!!!!!

Deus tem seus planos!!!!!!!!

Abra sua mente para ver a grandeza

Abra sua mente para ver a grandeza
A excelência da Palavra de Deus