Memórias metafóricas...

Memórias Metafóricas de Uma Mulher...

Quando pensei em criar um blog, pensei em algo interativo, dinâmico, monocromático, e simultaneamente colorido, multifacetado, diversificado, eclético, teológico, abrangente, etc. e tal, que me permitisse divagar pelas minhas ideologias, fantasias, pretenções, sensações, percepções e concretizações, um diário de bordo, que pertence a alguém que busca conhecimento nas mais distintas áreas e situações, uma mulher que além de feminina, sabe se impor e transpor seus limites e alcançar novos parâmetros na busca de uma auto estima construída com oração, amizade, companheirismo, intimidade, distância, bom senso, caráter, humor, prosa e poesia também, leitura, música de qualidade, recursos tecnológicos, livros, revistas, jornais, coisas que acrescentem a vida, conteúdo que pode ser dividido e repartido... e que vale a pena comentar!!!

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Um elefante incomoda muita gente... dois... três... incomoda muito mais!!!!


Esse é um bebê elefante se refrescando numa bica que encontrou sem perceber que estava sendo observado por elefantes maiores "que eram donos do pedaço" ele começou a estufar o peito e bradar toda sua alegria
por desfrutar de toda aquela chuva repentina de águas tão cristalinas que ele encontrou...
Então ele abriu os olhos e percebeu que estava incomodando os homens que cuidavam daquela área reservada do parque em que se encontrava e retornou ao seu lugar de origem... contudo aquelas águas, e aqueles momentos permaneceram gravados na sua memória fotografados nas suas lembranças
dos momentos de paz, alegria, refrigério, e plena satisfação que ele desfrutou... ainda que por tão pouco tempo o mantiveram vivo por toda a sua existência. No nosso dia a dia, encontramos alguns elefantes extraordimários, magnanimos... belos... fortes... robustos...superiores a nós...contudo na íntegra não queremos eles ao nosso lado em algumas situações, pois eles geram certo desconforto pessoal, quando somos comparados com eles, infelizmente no universo da competitividade em que vivemos,
isso é algo natural, percebe-se desde a infancia, quando as crianças por mais amigas que sejam,
não querem partilhar seu lanche, seu brinquedo, sua sincera opinião, na adolescencia torna-se pior, pois com os hormônios a flor da pele, para não sermos rotulados como aborrecentes, aprendemos a desnvolver
como nosso mecanismo de defesa, a indiferença a àquilo que necessariamente nos pertuba,
sublimamos tal realidade e fingimos não senti ou perceber os superlativos comparativos
da beleza da amiga (o), da inteligencia, da desenvoltura, dos talentos, da simpatia,
e tudo aquilo que chama a atenção das pessoas que nos cercam.
E então, as brincadeiras de criança, as conversas juvenis, a confiança dos segredos
trocados, das confissões expressas, tudo isso se perde diante do mundo coorporativo 
que enfrentamos na vida adulta, e que envolve e se desenvolve em todas as relações,
de trabalho, de escola, da família, da igreja e até dos relacionamentos, 
as vezes até repletos de emoções, sentimentos, aspirações, sonhos, realizações, 
e que escorrem pelas águas turvas da cascata que nos faz submergir na profundidade do
nosso egoísmo de não enxergarmos nossas próprias limitações, deformações, pavores e terrores
guardados em nós mesmos, e que vêm à tona frente ao sucesso de alguém superior ou até inferior a nós mesmos... é o medo de perdemos o território, que por mérito próprio ou não,
julgamos ser eternamente nosso. E assim ocupamos todos os lugares, e nos encarregamos de todas as tarefas, e vestimos nossas vestes heroínas, sacras, imaculadas, e nos intitulamos dos rótulos mais 
cabíveis e intocados, para voltarmos a ser aquela criança, que não chora, que não sente dor, que não perde,
que não erra nem admite erros, que está sempre limpa e que tem os brinquedos melhores e mais caros. 
Precisamos rever nosso conceito sobre realização pessoal, e entendermos melhor 
como funciona a realização do outro, que às vezes é simplesmente um banho de bica,
ou um mergulhar na profundidade, com roupa de mergulho, quase um suicídio altuísta, o famoso sincericidio, pois despertará no outro, que é o proprietário do pedaço, o desejo de expulsá-lo daquele reino particular que ele conuistou, mas que é a satisfação plena dele, a sua susistencia está em jogo... portanto não julguemos pela aparência,nem nos incomodemos com os elefantes tomando banho na nossa suposta fonte, que jorra cristalina, ele como eu e você também precisa se refrescar e se lavar! Deixemos de lado pois nosso orgulhos e egoísmo para não castrarmos os sonhos alheios, nem cometermos um homicídio doloso da imagem do outro, que assim como eu e você também tem defeitos e qualidades, aquele pois que está em pé tenha cuidado para não cair, mas se alguém ao seu lado cair, não passe de largo, vá ao seu encontro e estenda sua mão, até que ele fique em pé!


Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Dicas...

Dicas

Ás vezes precisamos de algumas orientações simples e básicas, e que costumeiramente não encontramos com facilidade, contudo quando nos dispomos a procurar o que precisamos, sempre encontramos ao nosso alcance, algumas dicas que nos salvariam de problemas futuros, como por exemplo, evitar fazer algumas misturas de tecidos, estampas, e estilos num mesmo look no dia à dia, ou num dia de festa. Que por mais que vc ouse usar, pode até impressionar num primeiro momento, contudo pode vir a chocar, ou escandalizar alguém, pelo excesso ou abuso, de alguma tendencia que não combina com seu estilo ou visual, portanto defina bem sua identidade através do que vc usa e assim vc também atrairá pessoas que como vc se identificam em alguns aspectos, e assim juntos vcs podem desfrutar do que lhes é comum. Use o espelho, e ouça a opinião de alguém que sabe mais do que vcê naquele assunto.
A palavra é sutileza no vestir-se, espiritualmente e fisicamente tb!

Psalm for the Day

Minha vida cabe nas malas que carrego...

Minha vida cabe nas malas que carrego...

A beleza da mulher


A beleza da mulher ou do homem se revela na essência e não na transparência do vestir-se, ou na profundidade dos decotes, ou na compressão dos jeans com strech, ou nas regatas, bermudas, ou naquilo que deveria apenas adornar para realçar o que de fato ela tem na íntegra, algo que vai além do que é visivel e paupável.
O olhar com singeleza e transparência, a boca com doçura e sem leviandade, o aroma que satisfaz e exala o bom perfume de Cristo, as mãos que seguram e sustentam-se na destra fiel do Pai da eternidade, os pés que caminham rumo ao alvo, e a consciência pura e apologética de que precisamos remir nosso tempo pois de fato, os dias são maus.
Busco insistentemente melhorar àquilo que precisa ser retocado no meu eu, não apenas na minha aparência, mas principalmente naquilo que é transparente e que compõe minha essência de uma mulher que ousa andar segundo a vontade de Deus!

Eu curto Vintage

Eu curto Vintage

Cotidiano é diferente de rotina...

Aprendí com os filósofos que rotina é diferente de cotidiano, sou alguém que foge das inutilidades superficiais dos falatórios alheios, e "hoje" em alguns momentos até ignoro algumas situações, para evitar o confronto ou constrangimento desnecessário... para não perder o bom senso... mas isso é muito difícil, é um objetivo diário...

SOU ALGUÉM EM CONSTRUÇAO, que se permite errar e consertar, falhar e pedir perdão sem titubear, e "hoje" entendo claramente que perdão é atitude e não sentimento!!!!

O Senhor vê além do óbvio e visível!!

O Senhor vê além do óbvio e visível!!

Feliz natal em família

Feliz natal em família

Teus olhos estão sobre mim Senhor

Teus olhos estão sobre mim Senhor

Família na praia...

Família na praia...

Meu amor!!

Meu amor!!

Amigas especias!!!!

Amigas especias!!!!

Ministrando aula sobre Platão

Ministrando aula sobre Platão
Tb é uma paixão!!!

Tb amooooOOO

Tb amooooOOO

Com a galera...

Com a galera...

Amigos

Amigos

AmoooOOO vcssss

AmoooOOO vcssss

Missões é uma prática diária...

Missões é uma prática diária...
Não um clichê!!!

Noite especial

Noite especial

Depois cinema básico com a galera!!!

Depois cinema básico com a galera!!!

A Banda

A Banda
Que me ensinou a olhar para os malucos sedentos da Palavra!!!

Mãe, sobrinha, irmã e pai

Mãe, sobrinha, irmã e pai

Programa Oficina de Deus

Programa Oficina de Deus

Quero ser como criança

Quero ser como criança
Para me deliciar com coisas tão simples e baratinhas + tão saborosas!!

Mardunas - Natal

Mardunas - Natal
Acampamento Bola de Neve Church

Isa, eu e Rafinha

Isa, eu e Rafinha

Deus tem seus planos!!!!!!!!

Deus tem seus planos!!!!!!!!

Abra sua mente para ver a grandeza

Abra sua mente para ver a grandeza
A excelência da Palavra de Deus