Memórias metafóricas...

Memórias Metafóricas de Uma Mulher...

Quando pensei em criar um blog, pensei em algo interativo, dinâmico, monocromático, e simultaneamente colorido, multifacetado, diversificado, eclético, teológico, abrangente, etc. e tal, que me permitisse divagar pelas minhas ideologias, fantasias, pretenções, sensações, percepções e concretizações, um diário de bordo, que pertence a alguém que busca conhecimento nas mais distintas áreas e situações, uma mulher que além de feminina, sabe se impor e transpor seus limites e alcançar novos parâmetros na busca de uma auto estima construída com oração, amizade, companheirismo, intimidade, distância, bom senso, caráter, humor, prosa e poesia também, leitura, música de qualidade, recursos tecnológicos, livros, revistas, jornais, coisas que acrescentem a vida, conteúdo que pode ser dividido e repartido... e que vale a pena comentar!!!

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Eu Tenho Felicidade Interna Bruta

Não temerei o mal, ainda que as lutas sejam imensas, exaustivas, monótonas, desconfortáveis, e insuportáveis, contudo guardarei firme minha profissão de fé, o meu depósito, a minha satizfação de servir ao Rei dos reis, o meu amor e compaixão pelos perdidos, a minha aliança com Deus, as minhas convicções, pois aquele que me chamou das trevas para o Reino da sua maravilhosa luz, não e prometeu um mundo de facilidades, bonanças, alegrias não degradáveis, dinheiro, fartura, e tudo mais que julgamos ser as coisas mais importantes do mundo, antes pelo contrário ele nos advertiu que no Mundo teríamos aflições, mas que devíamos ter bom ânimo, pois ele (Jesus) venceu o mundo, e com isso não precisamos estar plenos de realizações para sermos de fato felizes e gratos ao nosso bom Deus, pois não devemos olhar para coisas terrenas, mas sim olhar firmemente para o autor e consumador da nossa fé.
É interessante ver que em pleno século XXI, um assunto é bastante discutido na mídia, nas salas de aulas, nos corredores dos condominios, e no seio das família. A felicidade é algo que move pessoas no mundo inteiro, de todas as etnias, classes, raças, línguas e nações, todos buscam dentro de suas limitações entrar nessa corrida na contramão, pela felicidade interna bruta. Interessante que hoje isso é tema para pesquisas, discussões, debates, etc e tal. Algo que parece ser tão simples, mas que na íntegra é tão complexo e difícil de se atingir. Essa tal felicidade, tão cantada em músicas, tão contada em filmes de amor, tão sonhada pelos casais apaixonados, ou amantes de um bom estilo de vida, hoje parace cada minuto se esvair pelos dedos das mãos alheias. Todos estão ão preocupados com suas vidas particulares, afazeres diários, conquistas profissionais, intelectuais, com a aquisição de novos bens de consumo, com o acréscimo de títulos e patrimônios, que estão esquecendo-se de algo tão sublime e tão simples de entender. Essa tal felicidade, não é um estado de espírito, ou um sentimento alheio, ou um objeto à venda, ou um relato vívido por outro, é algo interno, itenso, complexo, por hora difuso, distinto, mas concreto, é sua satisfação com você mesmo, é seu preenchimento de Deus, é sua essencia mais pura, é seu climax de vida, é seu sorriso pelo saborear de um chocolate delicioso, um agradecimento salutar, um elogio conquistado, um amor cultivado, uma amizade preservada, uma família saudável, unida, uma adoração ao Criador, um momento a sós com Deus, ou com um ser amado, é também o seu momento a sós com você mesmo, o seu olhar no espelho, o seu contentamento descontente numa luta diária existente, o seu sublimar das perdas, a sua vitória alcançada, o seu pecado confessado, a sua aula de vida transliterada para outros, seu filho(a) amado, uma música cantada, um filme relembrado, uma lasanha bem preparada, uma casa comprada, um emprego desejado, mas é também uma superação, uma dificuldade, uma razão para crescer, para acescentar nas suas experiencias de vidas, àqueles mais experimentados, mais realizados deveriam estar pois a quem muito é dado, também muito é cobrado, e muito é ensinado, para que outros aprendam com nossas lições sofridas e vividas, coisas assim tão óbvias, mas tão sufocadas pelo universo individualista em questão no mundo atual, o capitalismo exarcerbado, que aponta os modelos perfeitos de vidas vitoriosas. Homens, mulheres e crianças, que são felizes porque consomem, porque viajam, porque se divertem nos parques caros, porque compram nas melhores lojas, porque comem bem, porque ostentam uma vida surreal, uma vida além das possíveis expectativas para muitos de nós... coisas assim todos os dias ocupam nossas atenções, conquistas, vitórias, aquisições, e esquecemos de agradecer verdadeiramente pelas coisas que ns sustentam, como o simples ar, que agora cada vez mais está tão impuro, pela família que temos, pelas dificuldades enfrentadas, pelas dores, pelas feridas cicatrizadas na nossa alma, que hoje até voltam à nossa memória, mas que não nos causam nenhuma dor, não sei como nos perdemos nisso tudo, não sei seb que pilares estamos centrando nossos valores, só sei que nosso produto de felicidade interna bruta, está tão próximo de nós, que nem percebemos.
E pensando sobre isso, e com base nessas pesquisas, e nos relatos de tantas pessoas, algumas até próximas, que afirmam ser pessoas infelizes, e por toda a notoriedade, desse produto tã extinto e confuso para algumas pessoas, como essa tal felicidade, que hoje mais é identificada como sentimento, cheguei à feliz conclusão, que apesar de ter vivenciado algumas, senão muitas situações complicadas, desgastantes, intrigantes, muitíssimo dolorosas, absurdas até, eu sempre fui muito feliz, porque eu sempre entendí muito claramente que era uma honra e não coisa tão distante, ser feliz com coisas simples, apesar de ficar triste, desde muio criança experimentei, sentir dor, chorar, questionar, perder, lutar para alcançar ou não, ser julgada, julgar também, mas vencer dentro de si mesma, em muitas situações que outros não suportariam, e quem conhece minha história sabe que não suportariam mesmo, mas muito visivelmente sempre tive minha razão maior, minha felicidade interna bruta, meu contentamento dentro de mim, minha superação de limites, meu alvo a alcançar, de construir meu universo de valores centrados em Deus, e exercer fé de tal forma que não precisava de evidências para identificar o agir do Pai Celestial, que sempre foi meu maior amigo, meu conselheiro, meu castelo forte, minha porção secreta de felicidade, minha satizfação. E confesso que não entendia muito como alguém cristão, principalmente, se sentia infeliz.
Hoje acredito depois de ler mais sobre isso, e fazer uma análise introspectiva na minha história e no meu lugar secreto, que é meu coração, conseguí identificar alguns suportes teóricos e recursos que teve desde a minha infância, como a Bíblia Sagrada, como meu primeiro livro de histórias, meus únicos heróis de fato, muito amor dos meus pais e irmãos, uma família que sabia rir, discutir, brigar, chorar, apanhar também, tinha disciplina, na verdade ainda tem, tinha muitos cultos domésticos, viagens inteiras cantando louvores em família, hoje é engraçado lembrar disso, piqueniques em família, praia, acampamentos, orações nas horas de refeições... mas também tinha problemas com drogas, com alcoolismo, com intolerâcia, com violência, com calúnias, difamações, escassez, muitas contas a pagar, ... iiihhhh tinha muitas dificuldades, mas sempre teve Jesus conosco, na nossa casa, na nossa vida, na Igreja (sempre foi meu lugar preferido, isso aprendí com meu pai!), muitas brincadeiras, poucos amigos na verdade, alguns irmãos, mas sem sombra de dúvidas, minhas lngas e maravilhosas memórias, não tenho problema ao olhar para trás, ver tudo oque viví e experimentei, tudo cooperou com a obra que Deus realizava em mim.
Por isso, posso ousar dizer como o apóstolo Paulo, Tudo posso naquele que me fortalece! E de fato posso, por que Ele me fortalece sempre e imutavelmente! In Jesus we trust!

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Dicas...

Dicas

Ás vezes precisamos de algumas orientações simples e básicas, e que costumeiramente não encontramos com facilidade, contudo quando nos dispomos a procurar o que precisamos, sempre encontramos ao nosso alcance, algumas dicas que nos salvariam de problemas futuros, como por exemplo, evitar fazer algumas misturas de tecidos, estampas, e estilos num mesmo look no dia à dia, ou num dia de festa. Que por mais que vc ouse usar, pode até impressionar num primeiro momento, contudo pode vir a chocar, ou escandalizar alguém, pelo excesso ou abuso, de alguma tendencia que não combina com seu estilo ou visual, portanto defina bem sua identidade através do que vc usa e assim vc também atrairá pessoas que como vc se identificam em alguns aspectos, e assim juntos vcs podem desfrutar do que lhes é comum. Use o espelho, e ouça a opinião de alguém que sabe mais do que vcê naquele assunto.
A palavra é sutileza no vestir-se, espiritualmente e fisicamente tb!

Psalm for the Day

Minha vida cabe nas malas que carrego...

Minha vida cabe nas malas que carrego...

A beleza da mulher


A beleza da mulher ou do homem se revela na essência e não na transparência do vestir-se, ou na profundidade dos decotes, ou na compressão dos jeans com strech, ou nas regatas, bermudas, ou naquilo que deveria apenas adornar para realçar o que de fato ela tem na íntegra, algo que vai além do que é visivel e paupável.
O olhar com singeleza e transparência, a boca com doçura e sem leviandade, o aroma que satisfaz e exala o bom perfume de Cristo, as mãos que seguram e sustentam-se na destra fiel do Pai da eternidade, os pés que caminham rumo ao alvo, e a consciência pura e apologética de que precisamos remir nosso tempo pois de fato, os dias são maus.
Busco insistentemente melhorar àquilo que precisa ser retocado no meu eu, não apenas na minha aparência, mas principalmente naquilo que é transparente e que compõe minha essência de uma mulher que ousa andar segundo a vontade de Deus!

Eu curto Vintage

Eu curto Vintage

Cotidiano é diferente de rotina...

Aprendí com os filósofos que rotina é diferente de cotidiano, sou alguém que foge das inutilidades superficiais dos falatórios alheios, e "hoje" em alguns momentos até ignoro algumas situações, para evitar o confronto ou constrangimento desnecessário... para não perder o bom senso... mas isso é muito difícil, é um objetivo diário...

SOU ALGUÉM EM CONSTRUÇAO, que se permite errar e consertar, falhar e pedir perdão sem titubear, e "hoje" entendo claramente que perdão é atitude e não sentimento!!!!

O Senhor vê além do óbvio e visível!!

O Senhor vê além do óbvio e visível!!

Feliz natal em família

Feliz natal em família

Teus olhos estão sobre mim Senhor

Teus olhos estão sobre mim Senhor

Família na praia...

Família na praia...

Meu amor!!

Meu amor!!

Amigas especias!!!!

Amigas especias!!!!

Ministrando aula sobre Platão

Ministrando aula sobre Platão
Tb é uma paixão!!!

Tb amooooOOO

Tb amooooOOO

Com a galera...

Com a galera...

Amigos

Amigos

AmoooOOO vcssss

AmoooOOO vcssss

Missões é uma prática diária...

Missões é uma prática diária...
Não um clichê!!!

Noite especial

Noite especial

Depois cinema básico com a galera!!!

Depois cinema básico com a galera!!!

A Banda

A Banda
Que me ensinou a olhar para os malucos sedentos da Palavra!!!

Mãe, sobrinha, irmã e pai

Mãe, sobrinha, irmã e pai

Programa Oficina de Deus

Programa Oficina de Deus

Quero ser como criança

Quero ser como criança
Para me deliciar com coisas tão simples e baratinhas + tão saborosas!!

Mardunas - Natal

Mardunas - Natal
Acampamento Bola de Neve Church

Isa, eu e Rafinha

Isa, eu e Rafinha

Deus tem seus planos!!!!!!!!

Deus tem seus planos!!!!!!!!

Abra sua mente para ver a grandeza

Abra sua mente para ver a grandeza
A excelência da Palavra de Deus